ARACAJU/SE, 21 de maio de 2024 , 19:37:05

logoajn1

Prefeitura de Aracaju anuncia ampliação da avenida Euclides Figueiredo

O prefeito João Alves Filho assinou ontem (2), a autorização da licitação para o alargamento, iluminação e urbanização da Avenida Euclides Figueiredo desde a ponte do Rio do Sal, que liga Nossa Senhora do socorro a Aracaju, até a Avenida Maranhão. Com essa ação, a Prefeitura de Aracaju melhorará as condições da pista e, principalmente, o trânsito no local.

 

A via terá 4,2 km de extensão, com 12 metros de largura, com duas vias de 6 metros cada, e uma calçada de um metro e meio. As obras estão previstas para serem iniciadas em setembro após a conclusão do processo licitatório. Essa será a primeira Avenida a ser construída que terá o corredor exclusivo para o BRT.

A Euclides Figueiredo foi construída pelo então governador Augusto Franco, que já havia deixado uma área destinada a ampliação da mesma. Porém, com o passar dos anos e a falta de fiscalização, algumas residências foram expandidas e invadiram o espaço que era destinada a Avenida. O atual projeto da Avenida prioriza o ajustamento dos moradores que estão irregulares, sem prejuízos. De acordo com o prefeito João Alves, a população será indenizada e não haverá a necessidade de que saiam de suas casas.

"Conversamos com a população local e chegamos a um acordo. Respeitamos os moradores e por isso queremos uma harmonia, afetando os moradores minimamente. Mas, sobretudo, o trânsito será melhorado, já que o congestionamento na Euclides Figueiredo tem causado transtornos à população", revelou o prefeito destacando ainda que será a primeira via a ser construída com o corredor para o BRT.

"Fico extremamente satisfeito com esse anúncio. Em agosto iniciaremos mais três Avenidas para o BRT dentro do Sistema Integrado de transporte. Foi preciso muita paciência e diálogo para que esse projeto fosse implementado. Com a conclusão dessas obras, a Euclides Figueiredo ficará integrada a Maranhão e, posteriormente, a Avenida Tancredo Neves. Já estava ansioso para que o BRT fosse iniciado", finalizou.

A obra custará R$ 12 milhões, para a parte de engenharia, e R$ 2 milhões para as indenizações dos moradores. Além disso, o projeto da avenida será inovador, com baias para que os ônibus parem sem interromper o fluxo e iluminação com lâmpadas led em toda a sua extensão.

 

Trânsito

O superintendente da SMTT, Nelson Felipe, esclareceu que, durante a obra de ampliação da Euclides Figueiredo, serão criadas rotas alternativas. "Trabalharemos no intuito de minimizar o transtorno causado pela obra. As rotas servirão para que, mesmo gastando um pouco mais de tempo, as pessoas possam chegar a seus destinos. Vias paralelas serão utilizadas, usando como exemplo os desvios que foram criados na obra do bairro 13 de Julho", reforçou.

 

Fonte: PMA

Fotos: Ana Lícia Menezes

Você pode querer ler também