ARACAJU/SE, 21 de junho de 2024 , 23:52:20

logoajn1

RS: Governo Federal envia R$ 65 milhões à saúde e antecipa parcela milionária do FPM

 

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) comunicou nesta sexta-feira (17) que enviará antecipadamente R$ 192 milhões de parcela do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) para as cidades do Rio Grande do Sul que estão em situação de calamidade.

A União, através do Ministério da Saúde, também lançou uma série de portarias que mandam verbas para hospitais, leitos emergenciais, vigilância sanitária e outras medidas do setor no estado gaúcho. A pasta enviará cerca de R$ 66,5 milhões, segundo informou o ministro extraordinário para Apoio à Reconstrução, Paulo Pimenta.

O ministro das Relações Institucionais revelou que o Congresso Nacional receberá uma medida provisória em relação ao pagamento antecipado do FPM. Caso os parlamentares aproveitam, o valor será pago semana que vem.

“Esse mês de maio esses municípios vão receber recursos duplo do Fundo de Participação dos Municípios, isso independente dos demais recursos da saúde, assistência social, defesa civil, das emendas parlamentares”, relatou.

Lula se reuniu virtualmente com ministros e prefeitos de cidades gaúchos e falou que é preciso que todos estabeleçam uma “relação muito fiel, honesta e verdadeira” para reconstruir o Rio Grande do Sul.

Já para saúde, o secretário de Atenção Especializada do Ministério da Saúde, Adriano Massuda, explicou que R$ 30 milhões serão enviados para serviços de média e alta complexidade. O valor será entregue para Porto Alegre, Parobé, Estrela, Caxias do Sul, Rio Grande, Santana do Livramento, Igrejinha, Venâncio Aires e Torres.

O Ministério da Saúde está preocupado com o aumento de doenças respiratórias no estado, tanto que tem defendido a vacinação contra influenza, covid-19, hepatite A, raiva e tétano.

Por conta das inundações, há também o monitoramento de casos de leptospirose e de doenças que podem aparecer por conta da contaminação da água.

O Rio Grande do Sul está sendo atingido por fortes chuvas desde 29 de abril. Ao todo, morreram 154 pessoas em decorrência das enchentes no estado.

Fonte: IG

Você pode querer ler também