ARACAJU/SE, 15 de abril de 2024 , 8:46:18

logoajn1

Senado Federal celebra bicentenário com extensa programação

 

O Senado Federal realizará em 2024 uma série de eventos legislativos e culturais para comemorar os 200 anos de sua criação. Estão confirmados o espetáculo com o maestro João Carlos Martins e o seminário internacional Democracia e Novas Tecnologias: desafios da era digital, além da distribuição de material didático em todo o país e a realização de exposições interativas.

No dia 5 de março, serão entregues medalhas comemorativas com caráter numismático a autoridades e personalidades de destaque, em agradecimento e reconhecimento ao apoio às atividades legislativas e políticas realizadas no âmbito do Senado. As medalhas terão como tema principal “As Casas do Senado” e serão cunhadas em três diferentes tipos de materiais nobres: prata dourada (vermeil), prata e bronze.

No dia 25 de março, será realizada sessão especial, com a presença de autoridades dos três Poderes e representações estrangeiras. No mesmo dia, será lançado selo comemorativo em parceria com a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

A programação, planejada pela Comissão Curadora das comemorações do bicentenário — presidida pelo primeiro-secretário, senador Rogério Carvalho (PT-SE) —, inclui o lançamento do Almanaque da Cidadania, produzido pelo cartunista Maurício de Souza, e a estreia de conteúdos especiais nos veículos de comunicação da Casa e nos perfis do Senado nas redes sociais.

A história do Senado, a programação comemorativa e todos os conteúdos produzidos sobre os 200 anos estarão disponíveis no portal institucional, numa página desenvolvida especialmente para as comemorações.

Espetáculo musical

O maestro João Carlos Martins é a principal atração do espetáculo Senado 200 Anos: uma jornada histórica rumo ao futuro. O espetáculo destaca o valor da arte nacional neste momento da história do Parlamento. João Carlos Martins estará acompanhado pela Orquestra Bachiana Jovem Sesi-SP e por outros artistas convidados.

O evento, marcado para o dia 25 de março, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, terá entrada gratuita e contará com a parceria do Serviço Social do Comércio (Sesc).

Desafios da era digital

Os impactos da digitalização sobre a sociedade estarão em discussão no seminário internacional Democracia e Novas Tecnologias: desafios da era digital, de 25 a 27 de março.

Com o objetivo de debater as transformações sociais, em decorrência do uso disseminado de novas tecnologias digitais, o Senado reunirá importantes estudiosos do assunto, do Brasil e de outros países, entre eles o sociólogo e professor espanhol Manuel Castells.

Publicações

O Conselho Editorial (Cedit) e a Secretaria de Editoração e Publicações do Senado Federal (Segraf) vão lançar publicações e republicar obras importantes. Um dos destaques é o Almanaque da Cidadania, publicação em quadrinhos do estúdio Maurício de Sousa, que reunirá noções sobre a Constituição Federal e contará a história da Casa, mostrando sua importância e papel central na construção da cidadania brasileira desde a criação do Senado.

Entre as publicações, está a nova edição da Coleção Constituições Brasileiras, escrita por consultores legislativos, que analisa as sete constituições do país aos olhos do corpo técnico do Senado. A Coleção em Miúdos, voltada para o público infantil, incluirá mais dois títulos, trazendo personagens da história do Senado e grandes debates que ocorreram na Casa. Outra obra a ser lançada é o livro Senadoras: dados biográficos, reunindo as biografias de todas as senadoras.

O Senado distribuirá material didático para alunos do 5° ano do Ensino Fundamental de escolas públicas de todo o país. Ainda está previsto o lançamento de uma biblioteca legislativa em áudio com 12 títulos, além de sorteio de obras sobre o Legislativo brasileiro pela Livraria do Senado.

O Cedit organizou a publicação do livro Constituições Brasileiras e Políticas Públicas, em três volumes, com a análise da evolução dos direitos do cidadão brasileiro ao longo de todas as constituições, desde a de 1824, com uma série de oito podcasts. Além disso, uma publicação reunirá teses de doutoramento que abordam a importância do Poder Legislativo e os 200 anos do Senado. E a Revista de Informação Legislativa, a mais antiga em publicação ininterrupta na sua área, terá uma edição especial com artigos abordando o bicentenário.

A participação da Casa nas feiras de livro em vários estados brasileiros também vai refletir as comemorações do bicentenário.

Exposições

Palácio Monroe: um legado de democracia é o nome da exposição que resgata o valor histórico do Plenarinho, conjunto de peças do mobiliário histórico do Senado, que foi revitalizado. A mostra, que será aberta no dia 19 de março, ainda receberá vitrines, painéis e displays, com o objetivo de valorizar a memória da última sede do Senado no Rio de Janeiro antes da mudança para Brasília.

As sedes do Senado — o Palácio Conde dos Arcos e o Palácio Monroe, no passado — e o Palácio do Congresso Nacional são o objeto da mostra fotográfica digital que a Agência Senado lançará no dia 5 de setembro.

A partir de 10 de setembro, no Salão Negro, a exposição Senado 200 Anos: conectando passado e futuro vai destacar a história do Senado e estimular a conscientização e a valorização cultural, com painéis e telas interativas, infográficos, animações e recursos audiovisuais.

O Túnel do Tempo, que liga o Salão Azul ao Anexo II do Senado, está passando por uma reformulação e, em novembro, será possível conferir os novos conteúdos, com uma apresentação mais moderna e interativa de informações sobre o Senado, sua composição e atuação política e legislativa.

Outra exposição mostrará o registro de tramitação de matérias legislativas e sua transformação histórica, do processo manuscrito até o digital.

Visitação

O programa de visitação às instalações do Senado Federal estará centrado nas comemorações dos 200 anos. Durante todo o ano, haverá visitação dramatizada, com intervenção artística de personagens marcantes da história do Senado Federal, como Rui Barbosa, Princesa Isabel, Abdias do Nascimento, Eunice Michiles e Juscelino Kubitschek. Os visitantes ainda terão oportunidade de vivenciar experiências imersivas de realidade virtual.

Jovem Senador

Os 200 anos do Senado e os Desafios para o Futuro da Democracia são o tema de redação da edição deste ano do Programa Jovem Senador. As inscrições já estão abertas e podem ser realizadas até o dia 30 de abril.

O programa é direcionado a estudantes de escolas públicas estaduais de ensino médio de todo o país. A iniciativa seleciona 27 alunos, um de cada estado e do Distrito Federal, para passarem uma semana em Brasília, de 5 a 9 de agosto, explorando e vivenciando o trabalho dos parlamentares no Senado.

Fonte: Agência Senado

Você pode querer ler também