ARACAJU/SE, 3 de março de 2024 , 18:19:21

logoajn1

Suposta ‘rachadinha’: Câmara avança com pedido de cassação contra Janones

 

O presidente interino da Câmara dos Deputados, Sóstenes Cavalcante (PL-RJ), avançou com a representação do PL, partido do ex-presidente Jair Bolsonaro, contra deputado federal André Janones (Avante-MG). O parlamentar mineiro é alvo de pedido de cassação de mandato. Ele é suspeito de praticar o crime de “rachadinha”.

Cavalcante despachou, na quinta-feira (7), a representação ao Conselho de Ética da Câmara. Ele está à frente da Casa durante a viagem de Arthur Lira (PP-AL) à Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas.

Se o pedido de cassação contra Janones for acatado pelo colegiado, a representação será transformada em processo contra o parlamentar. Janones é aliado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Janones é acusado por ex-assessores de praticar rachadinha, ou seja, obrigar os servidores a lhe entregarem parte do salário. A prática configura crime de desvio de dinheiro público ou peculato, segundo o entendimento do Ministério Público. No âmbito da improbidade administrativa, a rachadinha se caracteriza como enriquecimento ilícito.

O suposto esquema de rachadinha de Janones foi denunciado pelo site Metrópoles, que divulgou áudios nos quais o próprio deputado faz a exigência de parte dos salários dos servidores. Segundo assessores e ex-assessores do deputado, o esquema no gabinete teve início em 2019, quando ele assumiu o primeiro mandato na Câmara.

Janones rebate

Janones chama o pedido de cassação de seu mandato por suposta prática de rachadinha de “trama bolsonarista criada para me sepultar politicamente”. Com o inquérito, a tal trama seria “apurada e esclarecida”.

Fonte: Revista Oeste

 

 

 

 

Você pode querer ler também