CPI da Saúde cobra retorno de procedimentos cardíacos

 

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde esteve reunida nesta segunda-feira (23) com o diretor administrativo e financeiro do Hospital Cirurgia, Milton Eduardo Santana. A reunião aconteceu na sede da unidade hospital e depois que os vereadores Seu Marcos (PHS) – que preside a CPI -, Anderson de Tuca (PRTB) e Cabo Amintas (PTB) cobraram o retorno da realização de cirurgias cardíacas, suspensas há pouco mais de um mês.

No encontro, o diretor administrativo explicou que os procedimentos estão paralisados por causa de uma obra que deve ser finalizada em breve, fazendo com que as cirurgias cardíacas sejam retomadas. Durante a visita, os vereadores verificaram o andamento da obra no hospital e as adequações que estão sendo feitas para atender as demandas necessárias. Após a conclusão dos trabalhos, previstos para acontecer até a próxima semana, a meta do hospital é realizar uma média de 40 cirurgias cardíacas por mês, devido à alta complexidade e longa duração dessas operações.

“Nossa preocupação era saber sobre essas questões que envolvem a cardiologia, até porque muitas pessoas já estão aguardando há bastante tempo e chegaram a nos acionar. Como estamos a frente da CPI, é nosso dever acompanhar tudo de perto, e vamos continuar fazendo isso”, afirmou Cabo Amintas.

O vereador aproveitou a visita para questionar sobre o atraso no pagamento dos salários dos funcionários. Ele ouviu do diretor a garantia que as pendências serão regularizadas em, no máximo, dois meses, pois o Hospital Cirurgia, no momento, não está conseguindo articular as datas de pagamento em concordância com o repasse do estado. Entretanto, Milton Eduardo Dantas informou que irá se reunir com a Secretaria de Estado da Saúde ainda essa semana para chegar em um denominador comum.

Fonte: Ascom vereador Cabo Amintas