Governo firma parceria com iniciativa privada para assistir pacientes oncológicos

O governo de Sergipe e a clínica de oncologia Clinradi firmaram parceria para promover o tratamento especializado em radioterapia, além de prestar serviços laboratoriais, clínicos e realizar exames de tomografia a pacientes com câncer.

 

O centro médico vai atender também pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) e do Ipesaúde, e proporcionar não só a diminuição da fila de pacientes sergipanos que realizam Tratamento Fora de Domicílio (TFD), como também melhor prestação de atendimento e diminuição dos custos do Estado, que deixará de transferir sergipanos para hospitais de outras localidades.

 

Para a construção da inidade, o investimento é superior a R$ 18 milhões, sendo R$ 9,8 milhões provenientes do programa Inovação e Serviços, do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

 

Além de equipamento de braquiterapia, no qual a fonte radiação é colocada dentro ou junto à área que necessita de cuidados médicos, e é utilizado normalmente em pessoas com câncer do colo do útero, da próstata e da pele, a clínica contará, inicialmente, com dois aceleradores lineares, ou seja, aparelhos de radioterapia utilizados em diversos tratamentos. Posteriormente estarão à disposição aparelhos para diagnóstico e planejamento.

 

“A clínica terá uma margem de utilização de equipamentos e poderemos adquirir atendimentos extras, ao invés de mandar pacientes fazerem tratamento fora do domicílio. Isso facilita e muito a condição do nosso usuário do SUS. A expectativa é que a gente possa gastar menos com TFD, passagens e diárias. Isso representa, também, economia para o Estado. Esperamos que até o meio do ano de 2016, tenhamos essa máquina funcionando, e que depois utilizemos o equipamento novo do Huse”, enfatizou o secretário de Estado da Saúde, José Sobral.

 

O projeto da construção prevê não só a implantação da Clinradi, com edificação de três pavimentos, como a aquisição dos três equipamentos médicos. As obras já estão em fase de conclusão e acontecem na avenida Antonio Carlos Leite Franco, no bairro Jardins, atrás do Hospital Primavera. Os médicos oncologistas sergipanos responsáveis pelo projeto são: William Eduardo Nogueira Soares, William Giovanni Panfiglio Soares Roberto Queiroz Gurgel, Nivaldo Farias Vieira, Aécio Costa Cavalcanti e Karina Oliveira Ferreira.

 

“A Clinradi vai ter acelerador linear capaz de realizar radioterapia 3D, IMRT, VMAT, IGRT e radiocirurgia, que são técnicas de radioterapia modernas. Além disso, teremos aparelho de braquiterapia 3D, único na região, com capacidade de realização de aproximadamente 140 tratamentos por mês”, complementou o sócio William Panfiglio.

 

Com informações da ASN