ARACAJU/SE, 18 de julho de 2024 , 7:18:26

logoajn1

Moradores do município de Riachuelo enfrentam surto de virose desconhecida

Os moradores do município de Riachuelo, distante 23 km da capital, enfrentam há cerca de 15 dias um surto de virose desconhecida. Os pacientes apresentam os mesmos sintomas: febre alta, dores fortes nas articulações e dor de cabeça. No mês de agosto, o hospital da cidade (Associação Beneficente) registrou 2.921 mil atendimentos e 383 internamentos, quando a capacidade da unidade é de 480 atendimentos e 145 internações, ou seja, a unidade tem realizado cerca de 100 atendimentos a cada 12 horas.

Ainda não há um diagnóstico do que, de fato, tem acometido a população de Riachuelo e também de municípios vizinhos, como Divina Pastora e Malhador, que também buscam atendimento no hospital de Riachuelo. Alguns casos foram diagnosticados, por exames, como dengue, mas a situação está sendo tratada pela secretária municipal de saúde como um surto virótico.

“De fato há um surto na cidade, estamos somando esforços para combater essa situação. Ontem (2) equipes da secretaria de saúde fizeram a coleta do material dos pacientes para encaminharmos ao Lacen e em breve teremos o resultado. É importante lembrar a população que nenhum caso de chikungunya ou zica vírus em Sergipe”, diz Manoel Batista Ribeiro, secretário de saúde de Riachuelo.

Demanda

A direção do hospital informou em entrevista à imprensa que a unidade não tem capacidade para atender a tantas pessoas. “Nós estamos com nossos postos de saúde funcionando normalmente, mas quando é necessária a hidratação ou internação, encaminhamos ao hospital porque temos contrato de urgência e emergência, mas nosso jurídico já está providenciando a liberação de mais aporte financeiro para o hospital, que atende também a população de cidades vizinhas”, ressalta o secretário.

O gestor informou também que carros fumacês foram disponibilizados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) para circular na cidade e campanhas educativas estão sendo realizadas na cidade para combater a presença do mosquito transmissor da dengue, já que foram constatados casos da doença. 

 

Por Karla Pinheiro/CS

Foto: Divulgação

 

 

Você pode querer ler também