ARACAJU/SE, 13 de abril de 2024 , 19:00:16

logoajn1

Sergipe tem 4.858 casos notificados de Aids, com 1.262 óbitos

Mesmo com os inúmeros avanços quanto ao diagnóstico e ao tratamento dos pacientes com Aids, mais de 36,9 milhões de pessoas vivem com a doença no mundo e 734 mil no Brasil, segundo dados do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (Unaids).

 

De acordo com o Programa Estadual de DST/Aids da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Sergipe tem 4.858 casos notificados de Aids desde 1981 até maio de 2016, com 1.262 óbitos. Desse total, 4.751 casos são adultos e 107 são crianças.

 

A presença da Aids não está apenas na capital e quebra barreiras de classe social, raça ou orientação  sexual. Em Sergipe, os municípios com maior número de casos notificados são: Aracaju (2.011 casos), Nossa Senhora do Socorro (462), Itabaiana (233), Estância (188), São Cristóvão (167), Lagarto (149) e Propriá (143).

 

“Em Sergipe, a faixa etária mais atingida é de 30 a 39 anos, sendo , na sua maioria, mulheres casadas. Novos comportamentos sexuais chamam atenção: 50% dos jovens não usam o preservativo nas relações sexuais ocasionais. Muitas pessoas ainda acham que “sexo arriscado é mais prazeroso”. Ficamos preocupados porque ainda existem movimentos que estimulam as práticas de risco, fazendo apologia ao não uso do preservativo durante o sexo anal ou vaginal”, explica o gerente do Programa Estadual de DST/Aids, o médico sanitarista Almir Santana.

 

Sexo

 

No ano em que marca os 35 anos da descoberta da epidemia no planeta, o alerta é intenso para que as pessoas cada vez mais se previnam e façam testes rápidos que detectam precoce da doença, fazendo com que o tratamento inicie de forma mais rápida.

 

Em todo o mundo, a forma de transmissão entre os maiores de 13 anos de idade ainda é a sexual, pelo não uso da camisinha. Para se ter uma ideia, 417 mil pessoas usam os medicamentos antirretrovirais, 167 mil sabem que possuem a doença mas não se tratam e 150 mil pessoas possuem o HIV e não sabem.

 

Fonte: Ascom SES

Você pode querer ler também