ARACAJU/SE, 22 de maio de 2024 , 11:06:47

logoajn1

Superlotação na área vermelha do hospital João Alves no final de semana

A área vermelha do pronto socorro do Hospital João Alves, que comporta 16 pacientes internados, estava com pouco mais que o dobro da sua capacidade nesse último final de semana, em função da grande movimentação registrada entre os últimos dias 7 e 9 na unidade de saúde, que recebeu 699 pacientes, sendo que destes, 123 ficaram internados em observação.

A maioria dos casos internados na área vermelha eram de acidentes cerebrais e traumas. De acordo com a Referência Técnica de Enfermagem do Pronto Socorro, Ana Paula Rocha, a resolutividade dos casos acaba atraindo a população para o João Alves.
 

“Nós somos um hospital de alta complexidade e as pessoas devem entender isso, mas acabamos atendendo casos de média e baixa complexidade que procuram os serviços de saúde nesse hospital. Já realizamos algumas transferências para as unidades da rede, que também já atendem suas próprias demandas. A resolutividade dos casos recebidos aqui representa um fator determinante para a chegada excessiva de pacientes e a consequente superlotação”, explicou Ana Paula.

Assim como a área vermelha, outros setores do hospital também apresentaram aumento no número de atendimentos. Na área azul adulto foram contabilizados 201 atendimentos, sendo que 33 ficaram internados. Já a Sala de Sutura e o setor de ortopedia somaram 312 pacientes atendidos. O setor pediátrico, por sua vez, registrou no pronto socorro infantil 47 atendimentos e na sua área azul 75 crianças foram medicadas e avaliadas.

O registro por acidentes envolvendo motocicletas e motonetas totalizaram 77 atendimentos. Já os acidentes automobilísticos registraram 10 atendimentos. “Os casos relacionados à violência urbana continuam gerando atendimentos e ocasionaram 16 vítimas por arma de fogo e cinco vítimas por arma branca”, ressaltou a superintendente, Lycia Diniz.

 

Com informações da assessoria do hospital.

Você pode querer ler também