ARACAJU/SE, 23 de fevereiro de 2024 , 12:59:15

logoajn1

Fieis iniciam celebrações a Dulce dos Pobres

Começa hoje, 2, na Paróquia Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, com uma missa celebrada pelo Arcebispo de Aracaju, Dom João José Costa, o novenário a Dulce dos Pobres, que prosseguirá até o dia 10, sempre às 19h30. No domingo, 11, haverá celebrações às 10h e às 17h, esta última seguida de procissão luminosa pelas ruas próximas a paróquia, localizada a Rua Orlando Tavares Macedo, Loteamento Aquários, Bairro Aruana. Na terça, 13, Dia Dedicado a Dulce dos Pobres, será celebrada uma missa solene em devoção e homenagem aquela que será a primeira santa nascida no Brasil.

Este ano, o novenário e festa da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres tem uma motivação especial para os fiéis, que é a canonização de Irmã Dulce, marcada pelo Papa Francisco para 13 de outubro próximo, no Vaticano, em Roma.

Enquanto se aproxima a data da canonização, os fiéis e administradores da Paróquia Bem-Aventurada Dulce dos Pobres, em Aracaju, intensificam campanhas para arrecadar dinheiro para a conclusão da primeira paróquia que leva o nome de Dulce dos Pobres. Entre os inúmeros meios de contribuir, está a “Campanha dos R$ 10”, onde são distribuídos envelopes para as doações.

A construção da paróquia começou há mais de 10 anos, no Bairro Aruana. A paróquia ainda está sem reboco, sem piso, sem forro, sem janelas e sem as portas definitivas, entre outras coisas. Conforme as doações vão chegando, a obra vai evoluindo, mas nada disso impede o seu funcionamento. Tendo como pároco, o Padre José Lima, as missas são celebradas aos sábados, às 17h e aos domingos às 8h e às 19h. 

Para arrecadar o dinheiro necessário à conclusão da obra tem sido realizadas quermesses, shows, pedágios, rifas e campanhas como a dos “R$ 10”. As doações também podem ser feitas na própria paróquia ou em depósito bancário. Quem quiser contribuir pode entrar em contato pelo telefone 3027-3111.

Irmã Dulce nasceu na Bahia e iniciou a vida religiosa em São Cristóvão (SE), quando em 09 de fevereiro de 1933, ainda sendo chamada pelo nome de batismo Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes, ingressou na Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus. Naquele ano, em 13 de agosto, ela recebeu o hábito da Congregação, recebendo também o nome religioso de Irmã Dulce, em homenagem a sua falecida mãe.

Brasileira, Irmã Dulce fez história em Sergipe não apenas quando iniciou o noviciado em São Cristóvão. Também foi em Sergipe, em Itabaiana, que ela teve seu primeiro milagre reconhecido. Ela curou uma mulher que havia sido desenganada pelos médicos por conta de uma hemorragia pós parto. Cláudia Cristina dos Santos, hoje tem 41 anos e mora em Malhador.

“Campanha dos R$ 10” – Uma das formas de arrecadação tem sido a Campanha dos R$ 10, onde são distribuídos envelopes para que sejam feitas as doações. As pessoas podem contribuir com qualquer valor, sendo que os envelopes são preenchidos a cada R$ 10. Se uma pessoa doa R$ 100, os valor é distribuindo em 10 envelopes. Se a pessoa doa R$ 1, o envelope só é preenchido quando alcança-se os R$ 10. Doações para a continuação da obra também podem ser feitas via depósito bancário: Banese agência 058, conta corrente 03/101900-7/ Banco do Brasil agência 1603-9, conta corrente 46.201-2.

Você pode querer ler também