- 10/09/2019 - 10:30

Under Marie



Hoje, 10, a partir das 16h acontece o lançamento  summer 2020 da Under Marie, na Heaven Store. A grife que apresenta uma proposta de transformar o underwear em outwear através da sensualidade sutil do tule, é  comandada pela designer  sergipana Maria Dleizer. As peças já estão disponíveis através do site www.undermarie.com.br.

Em SP

O especialista Felipe Dantas, está em São Paulo, onde participa de um dos maiores eventos de comunicação digital do país, o Social Media Week São Paulo.  Profissionais da área, como: Juliano Kimura, Rafael Kiso, Erickson Monteiros e Pedro Alvim trocando experiências  e   compartilhando informações durante toda a semana.

‘Méqui ‘ para todos

O McDonald’s resolveu “abrasileirar” e mudou a fachada de algumas lojas em São Paulo e no Rio de Janeiro para ”Méqui”, como se pronuncia o nome da rede em grande parte do Brasil.“Para homenagear quem sempre está com a gente, trocamos o nome das fachadas de alguns restaurantes por aquele apelido que só o amigo mais próximo ganha. O McDonald’s é para todo mundo e queremos que as pessoas possam chamar do jeito que quiserem”, disse João Branco, Chief Marketing Officer do McDonald’s Brasil. A ideia da rede de fast-food americana é levar a novidade para outras praças e com mais nomes. Através das redes sociais, a McDonald’s irá perguntar aos seus clientes a forma com a qual eles chamam o restaurante.Os termos mais “criativos” serão adotados pela equipe de marketing do restaurante e passarão a estampar fachadas, embalagens e anúncios.

 

Novo Recurso

O WhatsApp testa um novo recurso na sua versão para iPhone: a possibilidade de reproduzir áudios no painel de notificação. Ou seja, não é mais preciso abrir o app para iniciar a reprodução de uma mensagem de voz que você recebeu de algum contato. Apesar de ser possível ouvir o áudio recebido, o usuário não pode responder à mensagem com outro áudio. Só é possível responder com texto e o remetente não será informado, com os tiques azuis do app, que a mensagem foi reproduzida. Isso acontecerá somente quando o usuário abrir a conversa no aplicativo. A função, por ora, está disponível apenas na edição beta do WhatsApp para iPhone (versão número 2.19.91.1).

4º Encontro da Rede de Leitura Inclusiva  

Proporcionar o acesso à leitura nas mais diversas maneiras para públicos com diferentes necessidades. Esse é o principal objetivo do 4º Encontro da Rede de Leitura Inclusiva de Sergipe, que acontece no dia 18 de setembro, no Mirante da 13 de Julho, a partir das 8h. O evento faz parte da programação da 7ª Semana Aracaju Acessível, promovida pelo vereador Lucas Aribé, que, este ano, conta com o tema “A Arte de Incluir”.

Será um dia inteiro dedicado a diálogos e vivências literárias inclusivas, como contação de histórias, rodas de leitura, oficinas de Braille, Libras, audiodescrição, orientação e mobilidade para pessoas cegas, além de muita música e brincadeiras educativas, sempre estimulando a prática da leitura e mostrando como isso deve ser feito de forma acessível a todos.

 

Programação BPED

A Biblioteca Pública Epiphanio Dória (BPED), que é coordenada pela Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), inicia esse mês de setembro com uma programação que inclui cursos, oficinas, exposições, apresentações teatrais, entre outras atividades. Diariamente serão realizadas contação de histórias, mediação de leitura e cinemateca, relacionadas a temas como Pátria, Inclusão, Primavera e Trânsito. Na próxima sexta-feira (13), será realizado o lançamento de dois livros da escritora sergipana Ailezz Silva: “Histórias para Encantar” e “A Menina Sereia”, ambos voltados para o público infantojuvenil. Ailezz, que também é artista plástica, fará nessa mesma ocasião a exposição “Jardim de Ailezz Vernissage”, uma homenagem da artista à Primavera, também conhecida como a estação das flores. A exposição ficará aberta ao público durante todo o mês de setembro.

Audiência

“Síndrome de Down: diagnosticar para melhor cuidar”. Esse é o tema da audiência pública que ocorrerá amanhã, às 14h, no plenário da Câmara Municipal de Aracaju. A iniciativa da discussão é do vereador Fábio Meireles. “O nosso intuito é fazer uma abordagem mais aprofundada e de forma técnica, envolvendo todos os atores sociais para que possamos entender melhor sobre o assunto e, assim, os pais de crianças com indicativo da Síndrome possam ter acesso a um diagnóstico precoce e preciso de modo a garantir o sucesso do tratamento”, afirmou.