ARACAJU/SE, 18 de junho de 2024 , 15:08:11

logoajn1

Ana Alves é presa sob acusação de peculato e organização criminosa

Da redação, AJN1

Na manhã desta sexta-feira (1º), a presidente do partido Democratas (DEM) em Sergipe, Ana Alves, filha do ex-prefeito João Alves Filho (DEM) e da atual senadora da República, Maria do Carmo (DEM), foi presa na sede do Ministério Público (MPE), em cumprimento de ordem judicial expedida pelos Promotores de Justiça do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaecco), e equipes do Departamento Especializado de Combate aos Crimes Tributários e Administração Pública (Deotap). Também foi cumprido mandado judicial de busca e apreensão na sede do DEM.

Ana está sendo investigada na Operação Caça-Fantasmas, decorrente da Operação Anti-Desmonte, deflagrada no final de 2016, por participação em peculato, formação de organização criminosa e obstrução de investigação, crimes previstos na Lei 12.850/2015.

Há informações e indícios de que ela praticou atos graves na tentativa de induzir declarações e depoimentos de investigados e testemunhas no curso das investigações do Ministério Público, o que motivou sua prisão preventiva.

Após prestar depoimento no MPE, Ana foi conduzida ao presídio feminino em Nossa Senhora do Socorro.

Defesa

Nos próximos dias, os advogados que representam Ana Alves vão ingressar com pedido de Habeas Corpus, a ser analisado pelo Juízo da 2ª Vara Criminal.

“Tentaremos impetrar uma medida no sentido de liberá-la. Podemos dizer que estamos avaliando o que fazer em relação a essa decisão da Justiça”, afirma o advogado Cristiano Cabral, que vem trabalhando no caso em parceria com o advogado Evânio Moura.

Você pode querer ler também