ARACAJU/SE, 20 de abril de 2024 , 6:52:08

logoajn1

Após difamar Sergipe em vídeo, internauta pede desculpas 

Agência Jornal de Notícias

Joângelo Custódio

 

A repercussão do bloqueio por 24h do aplicativo WhatsApp na última segunda-feira (2), por determinação de um juiz da comarca de Lagarto (SE), gerou vários comentários denegrindo a imagem do menor estado da federação nas redes sociais. Um deles foi postado em vídeo por um internauta identificado como Walmir Marques Junior, do Rio de Janeiro, publicado em sua página pessoal do Facebook.

 

No vídeo, que tem 1 minuto e 11 segundos, já excluído, Walmir vomita toda a sua insatisfação com o veredito do juiz e faz chacota com o município de Lagarto e o estado de Sergipe.

 

“Eu tô aqui ouvindo a Band News e fiz um teste aqui agora. O WhatsApp de novo está fora do ar por causa de um juiz, um pateta da cidade de Lagarto, isso é nome de uma cidade?  De Sergipe? Sergipe não é Brasil. Lagarto e Sergipe não é Brasil pra mim. Chama como quiser: preconceito, o problema é de vocês. Agora você prejudicar 80 milhões de pessoas por causa de um juiz de Lagarto se o que deveria fazer? Jogar 80 milhões de ovos nessa cidade que o que mais deve ter lá é nego morrendo de fome, nego que não usa aplicativo não usa nada. Ah, mas eu também estou falando isso não sei por que, esqueci que nós estamos num país de merda. Pessoal, desconsidere isso tudo aí”, disse, em tom irônico.

 

O vídeo foi compartilhado por dezenas de internautas, ora apoiando o detrator ora repudiando a atitude xenófoba.

 

Pedido de desculpas

 

Mas a cascata de críticas fez com que Walmir se retratasse publicamente. Ele postou um vídeo no YouTube, com mais de 6,7 mil visualizações, pedindo desculpas por ter agredido gratuitamente o povo de Lagarto e de Sergipe. [Assista ao vídeo]

 

“Eu tô fazendo esse vídeo, em virtude de um outro vídeo que está na internet que realmente foi feito por mim, falando umas besteiras sobre o bloqueio do WhatsApp e falando umas bobagens sobre Lagarto e Sergipe. Peço que vocês me perdoem pelas besteiras que falei. Quero me dirigir a você que é de Lagarto, Sergipe, a você que se sentiu ofendido eu peço com sinceridade que você possa me perdoar”, diz em um trecho do vídeo, que já tem quase 7 mil visualizações.

 

Processo

 

O deputado estadual Gustinho Ribeiro (PRP) repudiou as declarações preconceituosas de Walmir Marques Junior contra o estado de Sergipe.
 

 

"Quero externar minha indignação com um cidadão que ofendeu e desrespeitou o nosso estado de Sergipe e o povo sergipano. Com palavras preconceituosas e destilando intolerância, ele agrediu a todos nós", declarou Gustinho, acrescentando que a sua assessoria jurídica moverá uma ação contra Walmir Marques para que se retrate publicamente pedindo desculpas a Sergipe e aos lagartenses.

 

 

Crime cibernético

 

A Polícia Civil de Sergipe recebeu denúncias e encaminhou o caso para a delegacia de crimes cibernéticos.

Você pode querer ler também