ARACAJU/SE, 19 de julho de 2024 , 23:33:05

logoajn1

Após violência em escola estadual, vigilantes decidem pelo fim da greve

O Sindicato dos Vigilantes Públicos de Sergipe (Sindivips) decidiram acabar com a greve e voltar às atividades a partir de sexta-feira (3).  A paralisação foi iniciada no dia 26 de maio. O principal motivo do retorno dos vigilantes é a violência nas instituições públicas, além de avanços na pauta de reivindicações.

Para o presidente do sindicato, José Ferreira de Souza Júnior, os vigilantes públicos solicitavam plano de carreira, pagamento por periculosidade e cursos de qualificação. “A categoria decidiu pelo fim da greve e um dos principais motivos foi a violência dentro de uma escola. Houve também alguns avanços em alguns pontos em negociação com o Governo do Estado”, reforça.

Sobre o plano de carreira, o líder sindical conta que recebeu as informações de que o Governo está fazendo os reajustes necessários para que seja pago até o final de setembro e o reconhecimento do sindicato perante as secretarias estaduais.

Violência

Na quinta-feira (2) a diretora da Escola Estadual Senador Lourival Fontes foi agredida por adolescente de 16 anos com socos e golpes de caneta na cabeça. O agressor é um aluno que teria ficado inconformado, porque outro colega tinha sido suspenso da escola após soltar uma bomba dentro da instituição de ensino.

 

Foto: Jornal do Brasil

Você pode querer ler também