Aracaju receberá testes rápidos do Ministério da Saúde a pedido do Consórcio Conectar

O Ministério da Saúde, atendendo a um pleito do Consórcio Conectar – uma mobilização liderada pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP) – inicia nesta sexta-feira, 14, o envio de mais de 15 milhões de testes rápidos a todos os estados brasileiros para o controle e monitoramento da covid-19 nos municípios.

No último dia 5, prefeitas e prefeitos que integram o Conectar encaminharam ofício ao Ministério da Saúde solicitando apoio para intensificar a testagem nas cidades como medida de contenção do contágio e da circulação de novas variantes do vírus, a exemplo da Ômicron.

Presidente da FNP, o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, destaca que o atendimento desta demanda dos municípios é mais uma importante conquista do Conectar, consórcio formado, inicialmente, para agilizar a compra de imunizantes contra a covid-19, mas cujo raio de atuação foi ampliado para aquisição de insumos e medicamentos para a saúde.

“Estamos muito satisfeitos com o envio destes testes, uma vez que a testagem é fundamental para o enfrentamento da pandemia. Em Aracaju, nossas unidades de atendimento para síndromes gripais já têm realizado a testagem e a chegada de novos testes vai fortalecer o nosso trabalho e assegurar o controle e monitoramento do vírus”, comemora o prefeito Edvaldo.

De acordo com o prefeito de Florianópolis/SC e presidente do Conectar, Gean Loureiro, os municípios enfrentam, atualmente, “um momento crucial” da pandemia, pois precisam “isolar rapidamente as pessoas para diminuir o ritmo de transmissibilidade [do vírus]”. Neste sentido, explica ele, a testagem é uma das principais armas nesse momento.

“Não só para os sintomáticos, mas também para assintomáticos que seguem vivendo normalmente com grande potencial de transmissão. A vinda de mais testes fortalece o serviço na ponta e atende um anseio também da população que não tem conseguido testes nem na iniciativa privada”, afirma Loureiro ao destacar que a situação exige a união de forças do governo federal, estados e municípios.

Consórcio Conectar
Liderado pela Frente Nacional de Prefeitos, o Consórcio Conectar é uma mobilização inédita que propõe soluções inovadoras para a gestão da saúde. Congrega mais de 2.000 cidades de todo o país e representa os interesses de mais de 150 milhões de brasileiros, consolidando-se como o maior consórcio público de saúde do país.

Fundamentado na Lei nº. 11.107/2005, é instrumento executivo para a resolução dos desafios do Sistema Único de Saúde (SUS) e aposta em estratégias que geram economia e otimizam os recursos municipais, como a compra coletiva de insumos médico-hospitalares, medicamentos e serviços de saúde.