ARACAJU/SE, 28 de fevereiro de 2024 , 9:58:22

logoajn1

Aracajuanos lotam Ceasa à procura de milho

Da redação, Joangelo Custódio

No dia de São João, feriado festejado nesta segunda (24) em todo o Nordeste, não se pode faltar o alimento que é base para a rica culinária junina: o milho verde. Ele reina absoluto no seio familiar, seja cozido, assado à beira do braseiro da fogueira ou transformado em pamonha e canjica. E para garantir a espiga de grãos dourados nos ‘arraiás’ domésticos Sergipe afora, os consumidores lotam a Central de Abastecimento de Sergipe (Ceasa), no bairro Getúlio Vargas, desde as primeiras horas desta sexta-feira (23).

Mesmo antes de adentrar o estabelecimento, já é possível avistar as “montanhas” de espigas verdinhas ocupando os espaços externos e internos da Central, transformando-a em um vistoso milharal com seu cheiro peculiar. A abundância do produto se perde de vista em meio às abordagens dos vendedores, que cativam os clientes à base do grito e da boa lábia, quesito fundamental para fisgar a freguesia.

Uma mão do milho verde, equivalente a 50 espigas, sai entre R$ 15, R$ 25 e até R$ 30; o centro (100 espigas) varia entre R$35, R$40 e R$50. Mas quem prefere levar poucas espigas, 15 unidades saem por R$10.

Amendoim, laranja e coco verde

O amendoim cozido, patrimônio imaterial do povo sergipano, também é muito prestigiado nas festas juninas. É o petisco predileto dos apreciadores de cervejas e quentões e não pode faltar. Na Ceasa, a lata pequena sai por R$ 5. A lata grande varia de vendedor, podendo alcançar cifras de R$4, R$6 e R$8. Há barracas que estão cobrando R$10.

A laranja também é item indispensável. O saco com 100 unidades está entre R$12, R$16 e R$18, não mais que isso. O saco com 50 unidades custa R$10. O coco verde pode ser encontrado por R$8 cinco unidades. Já o coco ralado encontra-se por R$4 e R$5.

Você pode querer ler também