ARACAJU/SE, 23 de fevereiro de 2024 , 0:07:31

logoajn1

Santo Antônio e Industrial têm risco de infestação do Aedes

Da redação, AJN1

Os bairros Santos Antônio e Industrial, localizados na zona Norte de Aracaju, apresentam risco de infestação do mosquito Aedes aegypti, o transmissor de dengue, Chikungunya e Zika. A revelação foi feita pelo prefeito Edvaldo Nogueira nesta sexta-feira, 28, durante apresentação do Plano de Intensificação das ações de combate ao mosquito.

Embora quase toda a capital se mantenha na condição de médio risco em relação às doenças Dengue, Zika e Chikungunya, a adoção do Plano se justifica devido a situação de epidemia em municípios do interior, além de prevenir e controlar processos epidêmicos e evitar a ocorrência de mortes e complicações derivadas de doenças transmitidas pelo Aedes.

Situação epidemiológica

Dados da Secretaria Municipal de Saúde apontam que de janeiro a junho deste ano, foram notificados 707 casos de Dengue, 61 de Chikungunya e 31 de Zika, dos quais foram confirmados 143 de dengue, seis de chikungunya e nenhum de zika.

De maneira geral, pelo número de habitantes da cidade, Aracaju foi classificada com baixa incidência para epidemia, sendo que, há quatro semanas seguidas, está sendo registrada a queda da incidência dos casos notificados, o que não significa que as ações devem diminuir.

“A população é parte fundamental nesse plano de intensificação. A Prefeitura realiza o seu papel, mas, as pessoas precisam colaborar para não termos focos do mosquito. É uma força conjunta e integrada dentro da gestão, com as secretarias, mas também entre a gestão e os moradores da capital, já que o que desejamos é um benefício comum a todos”, salientou o prefeito Edvaldo Nogueira.

Com informações da PMA.

Você pode querer ler também