ARACAJU/SE, 23 de maio de 2024 , 10:27:43

logoajn1

Bancários rejeitam proposta da Fenaban e categoria mantém a greve em todo o país

Os bancários rejeitaram ontem a proposta de 7,5% de reajuste e retirada do abono apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), após reunião realizada ontem em São Paulo para negociar o fim da greve. O próximo passo do Comando Nacional dos Bancários é discutir o aumento real e orienta a categoria a manter a greve forte. A negociação continua nesta quarta-feira.

 

Em Sergipe, o número de adesões ao movimento grevista conta com 140 agências bancárias. Até a última sexta-feira, no Brasil, os bancários ampliaram ainda mais o movimento e fecharam a semana com adesão de 12.277 agências e 44 centros administrativos em todo o país.

 

Na manhã de ontem, os bancários em Sergipe realizaram protestos em frente as agências dos bancos Itaú e Caixa Econômica Federal. De acordo com o Sindicato dos Bancários de Sergipe (SEEB/SE), as novas manifestações que aconteceram em todo o país simbolizam a retomada das negociações com a Fenaban.

 

“ A greve nacional é uma resposta à intransigência dos banqueiros que continuam se negando a apresentar uma proposta, que contemple a reposição integral da inflação do período, aumento real, mais contratações, melhores condições de trabalho, mais segurança e igualdade de oportunidades”, afirma a presidente do SEEB/SE, Ivânia Pereira.

Você pode querer ler também