ARACAJU/SE, 15 de abril de 2024 , 9:35:34

logoajn1

Banese alcança marca de R$ 4,0 bi em ativos de crédito e tem lucro de R$ 47,5 milhões em 2023

 

O Banese atingiu a marca de R$ 4,0 bilhões em ativos de crédito ao final do quarto trimestre de 2023, um crescimento de 13,7% em relação ao mesmo período do ano passado. Os ativos totais da instituição obtiveram um avanço de 15,6% no mesmo período, e chegaram a R$ 9,0 bilhões. Já o lucro líquido do Banco no ano foi de R$ 47,5 milhões. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (23).

O Banese encerrou 2023 com, aproximadamente, R$ 8,0 bilhões em recursos captados, um acréscimo anual de 16,6%, com destaque para as captações em depósitos a prazo (CDBs) e judiciais.

“Em 2023, houve uma importante retomada do crescimento econômico do país, que superou as projeções iniciais do mercado e foi impulsionada, principalmente, pelo consumo das famílias. Em Sergipe, não foi diferente, e o Banese esteve ainda mais próximo dos sergipanos, com mais crédito e serviços para a população e para os empresários, possibilitando que estes atores tivessem mais oportunidades para otimizar suas vidas financeiras, investir em projetos e voltar a crescer”, afirma o presidente do Banese, Marco Queiroz.

As receitas do Banco registraram aumento de 9,4% no ano passado em comparação a 2022, impactadas positivamente, em especial, pelas receitas provenientes do saldo aplicado na carteira de crédito e de aplicações financeiras.

O patrimônio líquido do Banese cresceu 12,2% em 2023, fruto da incorporação do resultado do período à reserva de lucro da instituição, e dos aportes realizados pelos atuais acionistas, em especial o Governo do Estado, por meio da subscrição de novas ações, após os aumentos de capital social do banco ocorridos em julho e dezembro do ano passado.

Ampliação do crédito

O volume total de concessões de crédito no Banese alcançou a marca de R$ 1,8 bilhão no ano. Já o saldo da carteira de crédito comercial, destinada a pessoas físicas, registrou aumento de 17,3% em 2023 ante o ano anterior. Esse avanço é fruto, dentre outros fatores, da continuidade da estratégia organizacional de vendas, que enfatizou a criação de novas linhas de negócios junto a empresas conveniadas e órgãos públicos estaduais e municipais; da realização de ações para ampliar a base de clientes elegíveis ao crédito e dos aportes realizados pelos acionistas, o que permitiu que a margem para aplicação em crédito fosse expandida.

O Banese segue detentor da maior fatia do mercado de crédito de livre destinação em Sergipe, com 34% de participação, de acordo com dados do Banco Central do Brasil de novembro de 2023.

A carteira de crédito de desenvolvimento do banco, voltada para os setores imobiliário, rural e de financiamento, foi ampliada em 22,1% nos doze meses de 2023 no comparativo com o ano anterior. O resultado é consequência, principalmente, da ampliação do crédito rural destinado ao custeio e investimento agropecuário, do custeio da cultura do milho no estado, e da inauguração de unidades de negócio especializadas voltadas para o Agro, bem como da expansão da carteira de crédito imobiliário, por meio da concretização de novos negócios para o financiamento da construção de empreendimentos do setor.

Banese Card & Mulvi Pay

A Mulvi, empresa de meios de pagamento do Grupo Banese, atingiu o marco de R$ 3,9 bilhões em volume de transações em 2023, um acréscimo de 21,9% na comparação com o ano anterior. Somente no último trimestre, o volume transacionado alcançou o montante de R$ 1,1 bilhão, aumento de 14,6% em relação ao mesmo período de 2022, e de 15,3% em relação aos três meses imediatamente anteriores.

O desempenho da Mulvi Pay foi destaque no último trimestre do ano, com um crescimento de 41,9% em relação ao mesmo período de 2022. Os pagamentos referentes a renegociações de dívidas com a empresa tiveram um aumento de 6,4% no comparativo entre o quarto e o terceiro trimestre de 2023. Neste mesmo intervalo de tempo, os produtos de emissão da Mulvi, como o Banese Card, cresceram 15,7%, alcançando um volume total de R$ 961,5 milhões.

Banese Corretora

A Banese Corretora de Seguros consolidou a parceria com as principais seguradoras do país em 2023. No período de janeiro a dezembro, a empresa apresentou um volume de R$ 176,7 milhões em prêmios emitidos de seguros e 2,4 milhões em quantidade de seguros contratados. A receita bruta de vendas apresentou um crescimento de 1,3% em 2023, quando comparado ao mesmo período do ano anterior.

Museu da Gente Sergipana

O Instituto Banese, reconhecido pelas ações e projetos de inclusão e transformação social que desenvolve, beneficiou diretamente um total 60.227 pessoas, e indiretamente mais 32.679 cidadãos, em 2023. Este público foi impactado por um, ou mais, projetos estratégicos desenvolvidos pelas 13 instituições que são apoiadas financeiramente pelo Instituto.

O Museu da Gente Sergipana Governador Marcelo Déda, portal de contato da comunidade local, nacional e internacional com a cultura sergipana, recebeu 111.301 visitantes em 2023. Somente nos últimos três meses do ano, foram 29.581 visitantes dos mais variados lugares do Brasil e do mundo.

Fonte: Ascom Grupo Banese

Você pode querer ler também