ARACAJU/SE, 15 de abril de 2024 , 9:10:38

logoajn1

CDL cobra mais ação da SSP no combate a criminalidade

Os constantes assaltos e arrombamentos a estabelecimentos comerciais nos bairros 13 de Julho, Siqueira Campos e Centro da capital levou a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) a solicitar da Secretaria de Segurança Pública (SSP) uma ação mais efetiva e enérgica no combate a criminalidade. O assalto registrado na última terça-feira (19) a uma loja de roupas masculina no bairro 13 de Julho, deixou apreensivos e atônitos os comerciantes. O fato aconteceu às 11h30, horário de movimento na área.

 

Segundo o presidente da CDL, Brenno Barreto, existe uma boa relação entre a SSP e a entidade que dirige, “por quanto somos sempre procurados nos períodos de festas, como Natal, São João, Dias dos Pais, Mães, para ações de mobilização contra o roubo no comércio, porém sentimos que essa prática tem aumentado nos últimos dias”.

 

Para a CDL, a Polícia Militar precisa traçar um plano mais ousado de enfrentamento aos roubos e assaltos que estão se consumando diariamente no crescente comércio da 13 de julho, e também na região do Centro e Siqueira Campos.

 

"Pior é que os nossos clientes também estão sendo assaltados e ficam como medo, por exemplo, de circular livremente pelas ruas do bairro 13 de julho, onde o comércio vem crescendo substancialmente”, declara Brenno Barreto.

 

Na tentativa de encontrar uma alternativa que possa levar segurança aos comerciantes, a CDL vai solicitar uma audiência com o secretário de Segurança Pública, João Batista dos Santos Júnior. A ideia do encontro é discutir ações que venham tranquilizar os comerciantes.  A entidade informou que estará disponível para um trabalho de parceria com a PM no combate aos roubos e assaltos em áreas comercias de Aracaju.

 

* Com informações Ascom CDL

Você pode querer ler também