ARACAJU/SE, 19 de abril de 2024 , 6:57:02

logoajn1

Chuvas devem permanecer até a próxima terça, diz meteorologista

Da redação, AJN1

 

De segunda-feira (23) até hoje (25) pela manhã, a capital, Grande Aracaju e parte do litoral registraram um acumulado de 170 milímetros de chuvas, valor ainda abaixo do esperado para o mês de maio que é de 320 milímetros. De acordo com o Centro de Meteorologia, as chuvas permanecem até a próxima terça-feira (31), devendo se intensificar no sábado (28).

 

“Segunda e terça registramos o acumulado de 70 milímetros, de terça a quarta o acumulado foi de 100 milímetros, muito para 24 horas de chuvas, mas abaixo do esperado para o mês. Temos um déficit de 150 milímetros que esperamos atingir até o dia 31 para fecharmos o mês na média. Esperamos fechar junho na média também e a partir de julho é que as chuvas devem ficar acima da média”, explica o meteorologista Overland Amaral.

 

Segundo Overland, as chuvas são decrescentes, do litoral para o interior, e as temperaturas se mantêm em 22°C a mínima e máxima de 29°C no litoral, mas no interior fica de 21°C e máxima de 29°C.

 

Além do grande volume de chuva, a alta da maré contribuiu para os alagamentos e transtornos nas ruas da capital, em especial no Centro da cidade. “Ontem por volta das 5 horas a maré atingiu 2,10 metros, ficou muito alta e deve permanecer assim hoje. A maré contribui para os alagamentos, mas o volume de chuva foi o principal responsável”, ressalta o meteorologista.

 

Defesa Civil

 

Apesar do grande volume de chuva, não houve ocorrências registradas pela Defesa Civil Estadual, mas o órgão segue em alerta, em especial nas áreas de encosta. As pessoas que notarem rachaduras ou fissuras em estruturas, a exemplo de paredes e colunas, após as chuvas, ou que moram em áreas de encostas, devem ficar atentas e a qualquer sinal entrar em contato com a Defesa Civil através do Ciosp pelo número 190 ou Corpo de Bombeiros pelo 193.

 

Na capital também não houve ocorrências com vítimas e nem colapsos em estruturas. De acordo com Cel. Reginaldo Moura, coordenador da Defesa Civil de Aracaju, foram registradas apenas duas quedas de árvores, uma no bairro América e outra na Praça Olímpio Campos. 

 

Você pode querer ler também