ARACAJU/SE, 27 de maio de 2024 , 3:45:59

logoajn1

Crédito do BNB para micro e pequenas empresas gerou ou manteve 9,4 mil postos de trabalho em Sergipe

 

O Banco do Nordeste destinou mais de R$ 310 milhões em 2023 para empreendimentos de Sergipe que faturam até R$ 4,8 milhões por ano, as chamadas micro e pequenas empresas (MPEs). Os recursos foram responsáveis por gerar ou manter 9,4 mil empregos no estado.‍

Os dados são do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), área de pesquisas do BNB, e apontam que o crédito para as MPEs é responsável pelo aumento de R$ 99,9 milhões na massa salarial e por R$ 34,1 milhões da arrecadação tributária de Sergipe.

Ainda de acordo com o levantamento, o apoio do Banco do Nordeste às micro e pequenas empresas do estado entre janeiro e dezembro do ano passado também resultou em incremento de R$ 515,2 milhões no valor bruto da produção e de R$ 316,2 milhões no valor adicionado à economia.

O superintendente estadual do BNB em exercício, Franco José Vieira, ressalta a existência de linhas de crédito específicas, que contribuem para a ampliação da competitividade dos empreendimentos. “O Banco tem buscado, por meio do crédito, a sustentabilidade das micro e pequenas empresas do estado, com enfoque na geração de novos empregos e elevação da renda. Nosso propósito é manter a referência para as demandas de crédito desse segmento e cumprir nossa missão de desenvolvimento”, afirma.

O BNB investe em MPEs de todos os setores, com taxas de juros a partir de 0,59% ao mês. A instituição financia até 100% do projeto, com prazos de pagamento que podem chegar a 20 anos, com até cinco anos de carência.

O Banco do Nordeste apoia a aquisição de bens de capital e implantação, modernização, reforma, relocalização ou ampliação de empreendimentos; gastos com construção; aquisição de veículos, máquinas e equipamentos; e oferece capital de giro associado ao investimento.

Fonte: Ascom BNB

Você pode querer ler também