ARACAJU/SE, 22 de maio de 2024 , 12:28:04

logoajn1

De janeiro a julho de 2015, Sergipe confirmou 2.660 casos de Dengue

Os números de casos de Dengue ainda preocupam. De janeiro a julho de 2015, o Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) da Secretaria Estadual de Saúde (SES) registrou 6.263 casos suspeitos de Dengue, com 2.660 casos confirmados. No mesmo período do ano passado, foram 3.012 casos notificados e 1.443 confirmados.

Em 2015, a maior concentração de casos notificados ocorreu nos meses de março, abril e maio, com 4.631 notificações.

Os 10 municípios sergipanos que mais notificaram foram: Aracaju (2.712), Nossa Senhora do Socorro (419), Estância (333), Itabaiana (316), São Cristóvão (276), Carira (211), Itabaianinha (206), Neópolis (133), Lagarto (127) e Nossa Senhora das Dores (123).

“Todos os municípios precisam fazer a busca ativa em todo o território junto à Atenção Básica. É dever das Vigilâncias Epidemiológicas das Secretarias Municipais da Saúde realizar a investigação compulsória de todos os casos suspeitos por Dengue, até mesmo se não tiver casos notificados ou confirmados da doença. É responsabilidade do município notificar o caso no sistema de informação e automaticamente informar à Vigilância Estadual. A Secretaria de Estado da Saúde orienta a todos os gestores municipais que façam as investigações de casos e sempre reforcem o trabalho de controle nas áreas de moradias”, aponta Sidney Sá, gerente do Núcleo de Endemias da SES.

Os 13 municípios com alto índice de infestação são: Aquidabã (5,2%), Areia Branca (8,3%), Itabaianinha (7%), Japoatã (5%), Maruim (5,1%), Nossa Senhora da Glória (4,5%), Nossa Senhora das Dores (3,9%), Pedrinhas (4,7%), Pinhão (4,6%), Porto da Folha (5,1%), Salgado (6,1%), Santana do São Francisco (5,3%), Simão Dias (6,3%)
 

Você pode querer ler também