ARACAJU/SE, 17 de junho de 2024 , 10:10:23

logoajn1

Direção do Hospital de Cirurgia diz que PMA deve R$20 milhões

Ontem (21), a direção do Hospital de Cirurgia reuniu a imprensa com intuito de relatar as dificuldades enfrentadas para manter um serviço digno à população e contestar informações divulgadas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Aracaju.

Segundo a direção, a Instituição tem sido vítima de recorrentes violações de acordos firmados no âmbito do Ministério Público e de decisões do Judiciário, além de atrasos no pagamento mensal dos serviços prestados, em prejuízo da parcela mais pobre da sociedade, maior usuária da Fundação.

A direção da unidade hospitalar disse que a Prefeitura deve cinco parcelas dos convênios com os governos Federal e Estadual [total de R$ 2,6 milhões], e isso vem impedindo a continuidade do atendimento. Ainda segundo o corpo administrativo, o atual corte de serviços não ocorre apenas por causa dos citados débitos, mas em razão de uma dívida histórica do Município com a instituição. A Justiça já proferiu sentenças favoráveis ao Hospital de Cirurgia em várias ações impetradas ao longo dos últimos anos, no entanto, muitas ainda não foram cumpridas. Somados, os valores judicializados e não-judicializados chegam a R$ 20 milhões.

“Na quebra de braço contra o Hospital de Cirurgia, a própria Prefeitura de Aracaju se contradiz. Em audiência no Ministério Público, a dívida referente aos meses de julho, agosto e setembro de 2017 foi reconhecida pela SMS e dividida em três parcelas, com a primeira vencendo dia 31 de outubro. Não foi paga! Além dos meses citados, não foram quitadas as parcelas de novembro de 2006 e outubro de 2017. Estranhamente, talvez para confundir a população, mesmo após reconhecer publicamente a existência dos débitos, a SMS apresentou suposta dívida do Hospital de Cirurgia”, diz um trecho do texto enviado pela assessoria do hospital à imprensa.

Por fim, a direção lamenta o episódio. “O Ministério Público acompanha o caso. A população precisa estar alerta quanto às tentativas de tentar transformar o Hospital de Cirurgia em vilão, quando na verdade, tanto quanto a própria população sergipana, tem sido vítima da falta de compromisso da Prefeitura de Aracaju, sobretudo em manter regulares os pagamentos à Instituição”.

Você pode querer ler também