ARACAJU/SE, 15 de abril de 2024 , 9:02:49

logoajn1

Em Sergipe, primeiro bimestre de 2024 alcança menor número de homicídios em duas décadas

 

O primeiro bimestre deste ano apresentou o menor número de homicídios em uma série histórica que teve início em 2003, conforme levantamento feito pela Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (CEACrim), da Secretaria de Segurança Pública (SSP). No período que compreende os meses de janeiro e fevereiro de 2024, Sergipe registrou 57 vítimas de homicídio doloso – que são os crimes praticados de forma intencional. Em 2003, foram 97 homicídios dolosos. Em termos percentuais, a redução foi de 41,23%. O ano que mais se aproximou da média registrada em 2024 foi 2004, com 66 vítimas de homicídios dolosos em Sergipe.

Ainda de acordo com o levantamento feito pela CEACrim, quando o recorte do primeiro bimestre é feito entre 2023 e 2024, a queda na quantidade de homicídios dolosos foi de 34%. Enquanto que janeiro e fevereiro de 2023 somaram 87 homicídios, o mesmo período de 2024 contabilizou 57 crimes. A redução identificada pela Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal é de 34% – ou pelo menos 30 mortes evitadas em Sergipe.

Para o secretário da Segurança Pública, João Eloy de Meneses, os números, além de representarem vidas salvas, indicam a efetividade do trabalho que vem sendo desenvolvido pelos servidores das polícias Civil, Militar e Científica. “Todos os dias os nossos servidores, policiais e peritos, estão nas ruas atuando no combate à criminalidade, e o resultado é cada vez mais vidas sendo preservadas”, enfatizou.

Capital

Em Aracaju, a CEACrim identificou uma retração de 31% na quantidade de homicídios dolosos registrados entre o primeiro bimestre de 2023 e o de 2024. Janeiro e fevereiro de 2023 registraram juntos 26 homicídios dolosos. Já o mesmo período de 2024 foi encerrado com o registro de 18 homicídios dolosos. Em termos de vidas salvas, pelo menos oito pessoas não foram alvos de homicídios dolosos apenas em Aracaju.

Região Metropolitana

Quando o recorte é feito somando os homicídios dolosos registrados em Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão e Barra dos Coqueiros, a redução identificada pela CEACrim foi de 55%. Enquanto que no primeiro bimestre de 2023 aconteceram 22 homicídios dolosos nos três municípios, esse número caiu para dez, em janeiro e fevereiro de 2024. Pelo menos 12 pessoas deixaram de ser alvo de homicídios no primeiro bimestre de 2024.

Interior

Ainda segundo o mapeamento feito pela CEACrim, os 71 municípios do interior sergipano apresentaram retração de 26% na quantidade de homicídios dolosos no comparativo entre o primeiro bimestre de 2023 e o mesmo período de 2024. Em 2023, janeiro e fevereiro somaram 39 homicídios dolosos. Já o primeiro bimestre de 2024 registrou 29 homicídios dolosos. Pelo menos dez vidas foram salvas apenas no primeiro bimestre de 2024.

Você pode querer ler também