ARACAJU/SE, 27 de maio de 2024 , 2:54:02

logoajn1

Entenda mitos e verdades sobre usados e seminovos para fechar um bom negócio

 

Segundo informações divulgadas pela Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto), março deste ano apresentou um crescimento de 3,4% no comércio de automóveis seminovos e usados em comparação ao mês anterior, registrando uma comercialização de 1.181.376 unidades. Na prática, esses modelos são uma alternativa popular entre os brasileiros com o sonho de ter o carro próprio, mas muitas vezes deixam de ser considerados na hora da compra por conta de mitos que rondam esse tipo de bem.

“Os seminovos e usados nada mais são do que uma oportunidade de adquirir um automóvel por um preço mais acessível. No entanto, existem muitas ideias pré-concebidas sobre esses veículos que acabam afastando os compradores da chance de realizar um bom negócio”, explica Keillor Avelar, fundador e CEO da Trokey, rede especializada na compra e venda de automóveis. O especialista também indica as diferenças entre um e outro.

“Geralmente, um seminovo é aquele veículo com pouca idade e quilometragem, podendo estar no mercado de 1 a 3 anos. Normalmente, esse modelo tem um único ou poucos proprietários. Já o usado, é um carro mais velho e conta com um variado histórico de donos e experiências”, revela o CEO. Pensando em desmistificar a imagem que os brasileiros têm sobre esse tipo de bem, Keillor listou os cinco principais mitos e verdades sobre o assunto. Confira abaixo:

Seminovos e usados são menos seguros do que zero km

Mito. Seminovos e usados são automóveis mais antigos, mas essa característica não altera a sua capacidade de segurança. “Grande parte desses modelos têm recursos seguros e confiáveis como airbags, sistemas de frenagem avançados e multimídias de última geração, com desempenho e conforto semelhantes aos OKM. Além disso, a segurança de um carro não depende apenas de sua idade ou tecnologia e sim dos cuidados do proprietário anterior”, diz o CEO.

Seminovos e usados têm valores mais atraentes

Verdade. “Por já terem uma quilometragem rodada, os seminovos e usados exigem um menor investimento financeiro por parte do proprietário atual em comparação com as suas versões zero km, sendo ideais para quem quer ter um ótimo veículo sem pesar no bolso, desde que seja adquirido em um local de confiança e com o histórico checado”, pontua o especialista.

Quilometragem alta é sinônimo de carro ruim

Mito. A ideia de que um carro com um alto número de quilômetros rodados é automaticamente ruim pode ser um equívoco. “Na verdade, o número de quilômetros (KM) percorridos por um automóvel não é o único fator a considerar ao avaliar a qualidade ou condição de um veículo usado. Deve-se olhar o histórico de manutenção, cuidados gerais, e as condições de uso. Quilômetros rodados principalmente em estradas são menos desgastantes do que em condições urbanas com muito tráfego. Além disso, o clima e o ambiente em que o carro foi operado podem afetar sua condição”, explica Keillor.

Único proprietário valoriza um seminovo

Verdade. Muitos preferem automóveis que tiveram somente um dono. “Vale ressaltar que apesar do único proprietário, na hora de comprar o carro também é fundamental olhar para a conservação dele, se atentar a pontos como datas de revisões e quilometragem, bem como fazer uma avaliação estrutural em empresa especializada”, aponta o CEO.

Reparos valorizam os automóveis

Verdade. “Quem procura um carro usado ou seminovo está em busca de uma solução, ou seja, quer algo que não lhe dará dor de cabeça, mas é necessário que não sejam feitos reparos amadores. Aqui, é imprescindível procurar sempre profissionais especializados para que seu veículo não seja depreciado ainda mais”, finaliza Keillor.

Sobre a Trokey

Fundada em 2020 por Keillor Avelar, a Trokey é uma rede especializada na compra e venda de veículos. Sob o propósito de contribuir para a profissionalização da cadeia automotiva, a empresa atua nos modelos de loja física e digital, oferecendo também o serviço de financiamento de automóveis. Com sede em Goiânia (GO), a marca pretende chegar a 100 franqueados por todo Brasil e atingir um crescimento de 200% em 2024.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Você pode querer ler também