Especialista alerta para manutenção dos cuidados sanitários durante festejos juninos

Às vésperas do São João, a Secretaria de Estado da Saúde, por meio da Diretoria de Vigilância em Saúde, alerta a população para o risco de aumento do contágio das doenças respiratórias, em virtude da aglomeração de pessoas em shows de forró. Além disso, a chegada do inverno também potencializa os riscos de transmissão.

“As festas juninas proporcionam aglomerações e motivam contatos muitos próximos. Sendo assim, é fundamental que as pessoas que estão com sintomas de doenças respiratórias não frequentem ambientes aglomerados. Importante também usar máscara para evitar a transmissão para as pessoas próximas”, orientou o diretor de Vigilância em Saúde, Marco Aurélio Góes.

Para ele, é fundamental a população entender que mesmo com todas as medidas adotadas pelo governo para conter a pandemia, a Covid-19 aumenta de transmissão nesse período. Observa, no entanto, que para essa cadeia ser barrada é preciso que a população complete o seu esquema vacinal. “Assim, se a pessoa for infectada é mais provável não pegue a forma grave da doença e não evolua para internação ou até a óbito, como se viu nos anos de pandemia”, enfatizou.