Estado ingressa com ação de reintegração de posse e despeja 20 famílias

Da redação, Joângelo Custódio

 

Na manhã desta quarta-feira (24), 20 famílias tiveram que desocupar um conjunto habitacional localizado no Loteamento Paraíso da Barra, no município de Barra dos Coqueiros. A ação de reintegração de posse foi movida pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra), alegando pertencer ao Estado a construção das casas populares, com recursos do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social.

 

As famílias ocupam a área desde abril do ano passado, como explica o representante do movimento Mais Moradia, Roberto Calazans. “Encontramos as casas em total abandono, organizamos as famílias que estavam sem condições de moradia e ocupamos os imóveis. Todas as famílias são da Barra dos Coqueiros”.

 

Defensoria de olho

 

Presente durante a reintegração de posse, o defensor público Alfredo Nicolau, disse que entrou em contato com a Secretaria de Estado da Inclusão Social e ouviu da gestora Marta Leão, que as famílias receberão auxílio moradia.

 

“Foi firmado um acordo onde haverá concessão de 20 auxílios moradias a essas famílias que não têm aonde ir e vão ficar por aqui até o cumprimento dessa decisão. Estão se dirigindo a esse local alguns técnicos da assistência social do estado para fazer o cadastramento para a concessão”, garantiu ele.

 

Ainda de acordo com Alfredo, as famílias devem procurar imóveis, fazer a locação e entregar o certificado em uma das unidades do Unidades de Atendimento da Assistência Social (Cras). “Após isso, haverá um depósito na conta dessas pessoas. O Estado se comprometeu a fazer isso e essa situação de calamidade os moradores não vão mais viver. Ainda hoje haverá uma reunião com técnicos para fazer os cadastramentos”.

 

A Polícia Militar de Sergipe (PMSE) estava presente na reintegração para garantir que a ordem fosse cumprida. De acordo com a capitã Evangelista estava a reintegração foi pacífica, os ocupantes não apresentaram resistência.