ARACAJU/SE, 17 de junho de 2024 , 11:45:54

logoajn1

Famílias de ocupações no Santa Maria realizam protesto

 

Da redação, AJN1

Famílias das ocupações “17 de Dezembro” e “Terra Prometida” na área denominada de Cabo do Revólver, no bairro Santa Maria, zona sul de Aracaju, realizaram na manhã desta quinta-feira (30) uma caminhada até a sede da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra). Na manhã de hoje está prevista uma reunião com representantes da pasta e líderes do movimento para discutir a desocupação da área que foi cedida pelo Governo Federal, através da Secretaria de Patrimônio da União (SPU), ao Governo do Estado para construção de casas populares.

Na passagem pela 13 de Julho, os manifestantes bloquearam a pista sentido centro, deixando trânsito engarrafado. As cerca de 400 famílias que estão nas ocupações se recusam a deixar o local e prometem resistir. “Se for preciso Aracaju vai parar. Sergipe vai parar. Vai tocar fogo em Sergipe inteiro e de lá a gente não sai não”, disse Jackson dos Santos, um dos líderes do movimento.

Segundo ele, o prazo para retirada das famílias da área é de 15 dias, mas os ocupantes só irão deixar o local com a garantia de moradia para todos. “As famílias não têm para onde ir. O Estado fica dizendo que quer, mas a gente só sai para nossas”, afirmou Jackson dos Santos.

A informação da Seinfra é que na reunião de hoje foi marcada para se organizar, discutir e negociar uma saída pacífica das famílias que já foram cadastradas. Além disso, todas as famílias que se enquadrem no aluguel social receberão o benefício. A área a ser desocupada tem mais de 623 mil metros quadrados e será destinada a construção de unidades habitacionais sociais através do Programa Minha Casa Minha Vida.

Você pode querer ler também