ARACAJU/SE, 15 de julho de 2024 , 0:03:18

logoajn1

Famílias que ocupavam casarão vão receber auxílio-moradia

 

As 40 famílias que ocupavam o Casarão, no Centro da cidade, e que foram retiradas recentemente do local e remanejadas para um abrigo do Estado, receberão aluguel-social. Na manhã desta terça-feira, 9, foi entregue aos que serão beneficiados a declaração para a abertura de uma conta bancária que dará acesso ao auxílio mensal de R$ 300. 

 

Segundo Aida Almeida, assistente social da Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social (Seides), com o auxílio, as famílias poderão alugar um imóvel e poderão dar continuidade às suas vidas. “São 40 famílias, com um total de 99 pessoas, e todas têm recebido alimentação no abrigo. Mas, como não é o lugar ideal para se viver, eles terão o auxílio moradia para alugar um imóvel. A declaração já foi entregue para a abertura da conta e logo todos terão acesso ao benefício”, disse.

 

Ainda de acordo com ela, em breve, todos já estarão fora do abrigo e em suas casas. “Agora, as famílias já podem começar a procurar um imóvel para alugar. Com a abertura da conta, os próximos passos serão rápidos e acredito que em breve todos deixarão o abrigo e irão para suas casas”.

 

Famílias

 

Vivendo no abrigo desde a semana passada, para Luicimeire dos Santos é uma vitória conseguir o direito ao auxílio-moradia. “Ocupamos o Casarão porque não tínhamos onde morar. E vivíamos lá em condições precárias. Fomos retirados e trazidos para o abrigo e aqui estamos recebendo alimentação, mas nada melhor do que ter um imóvel nosso. Ter o direito ao auxílio é uma vitória e já vou procurar uma casinha”, declara.

 

Já para Maria dos Santos, representante das famílias, todos os ocupantes estão felizes com a novidade. “Todos aqui lutam para ter moradia. E tenho certeza de que esse auxílio será muito bem-vindo. Agora, as famílias poderão ir para as suas casas e recomeçar a vida”, conclui.

 

 

Foto: Lindivaldo Ribeiro/CS

Você pode querer ler também