ARACAJU/SE, 21 de maio de 2024 , 7:13:53

logoajn1

Forró Caju gera emprego e renda extra a catadores

Além de um espaço de entretenimento e grande atrativo turístico, o Forró Caju é uma festa que movimenta diversos setores da economia, gerando emprego e renda direta e indiretamente a milhares de pessoas. Através da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), a Prefeitura de Aracaju mantém o seu compromisso com a responsabilidade social. Assim como no ano passado, os catadores de latas de alumínio foram uniformizados para atuarem durante o Forró Caju.

 

Além de serem cadastrados, eles podem fazer o trabalho padronizados. Essa iniciativa agradou o catador Valdinei Pereira dos Santos. Vindo da Bahia, ele participa do evento pela primeira vez e gostou da maneira como o serviço é disponibilizado. "De certa forma é como se garantisse mais confiança ao nosso trabalho", considerou.

 

Assim como ele, outros tantos catadores tiram uma renda extra no Forró Caju. Cada quilo de lata vale R$2,50. "Tem noites que consigo tirar até R$100 só catando latinha. Pra mim é muito bom, mesmo que cansativo. Alguns colegas chegam a ganhar R$160", revelou Valdinei.

 

Mesmo aos 60 anos de idade, dona Terezinha de Jesus Santos ainda vem trabalhar no Forró Caju. Para conseguir um extra catando latinhas, ela se prepara muito antes de a festa começar. "Por volta das 17h eu chego por aqui e só saiu no outro dia cedo. Algumas vezes não consigo muita coisa, mas outras eu me viro bem. Estou no Forró Caju todos os anos porque é uma boa oportunidade de não ficar parada e ainda ganhar um dinheirinho no final das contas", ressaltou

 

Fonte: PMA

Você pode querer ler também