ARACAJU/SE, 18 de junho de 2024 , 15:37:14

logoajn1

Moradores derrubam escola onde adolescente foi estuprada e morta

 

Da redação, AJN1

Moradores do conjunto Marcos Freire I, em Nossa Senhora do Socorro, e familiares da adolescente de 13 anos, que foi estuprada e assassinada no sábado (4), começaram a demolir na manhã de hoje (6) o prédio da escola abandonada, onde ocorreu o crime. Segundo populares, a obra está abandonada há mais de 12 anos e o local tem servido apenas como ponto de encontro para marginais, que utilizam a área para uso de drogas e como esconderijo para pratica criminosas.

“Infelizmente teve que acontecer uma tragédia para que as atenções se voltassem para esse prédio abandonado. Este não é o primeiro crime ocorrido nesta área. Esperamos agora que as autoridades nos ajudem a derrubar por completo o colégio abandonado e que retirem todo o material, deixando o local limpo, para que novos crimes não aconteçam aqui”, disse a dona de casa Valdete dos Santos.

A informação é que inicialmente a construção da obra foi de responsabilidade do Governo do Estado, mas em outubro de 2005 a área foi doada ao município, sendo que até o hoje o local está abandonada. “Não queremos que novas famílias sofram o que a nossa está sofrendo. Espero que o secretário de Obras mande um trator para nos ajudar a demolir a escola. Caso contrário vamos alugar um”, disse um familiar da adolescente assassinada.

Michelle de Jesus Santos, 13, foi encontrada morta na noite do último sábado, horas depois de sair de casa, no conjunto Albano Franco, para ir a um estabelecimento comercial. Uma denúncia anônima repassada a polícia levou a equipe do 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM) até o corpo da vítima, que estava na escola abandonada no conjunto Marcos Freire I. A adolescente estava despida e com vários hematomas. Existe a suspeita que ela também tenha sido morta por asfixia e abusada sexualmente. O caso vem sendo investigado pela equipe do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

Você pode querer ler também