ARACAJU/SE, 13 de abril de 2024 , 18:41:56

logoajn1

Mulher atingida por quadriciclo em Pirambu deixa UTI

Da redação, AJN1

 

Livian Cristina da Conceição M. Maia, 21, que foi atropelada por um quadriciclo quando descansava em uma rede com o filho de nove meses, saiu da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular da capital para a enfermaria. A boa notícia foi compartilha por seu marido, Willinam Maia, em uma rede social.

 

Segundo ele, Lívian teve uma melhora e já respira sem a ajuda de aparelhos, embora ainda esteja em coma induzido. Willinam informou ainda que é preciso esperar que ela acorde para a equipe médica analisar as consequências do impacto na cabeça.

 

Relembre

 

A tragédia aconteceu no início da tarde do último dia (24), nas imediações do restaurante Estação Verão, em Pirambu. A informação é que Livian e o bebê estavam em uma rede armada entre alguns coqueiros, quando foram atingidos pelo quadriciclo conduzido por Fernanda Silva de Oliveira, de 51 anos.

 

Testemunhas alegam que a mulher trafegava pela praia em alta velocidade, levando uma pessoa na garupa, e teria perdido o controle da direção do veículo, que foi em direção aos coqueiros e bateu na rede, lançando mãe e filho por vários metros.

 

Benjamin teve morte no local, enquanto Livian sofreu várias lesões na cabeça e foi encaminhada, inicialmente, por populares para o hospital do município. Devido a gravidade dos ferimentos, a vítima foi transferida para o Huse, onde ficou internada na área vermelha e, ontem, removida para UTI do Primavera.

 

A condutora do quadriciclo foi presa por uma guarnição da Polícia Militar e autuada em flagrante por homicídio e lesão corporal culposos na Delegacia Plantonista Norte, em Aracaju.

 

Em seu depoimento, Fernanda alegou subiu no quadriciclo apenas para tirar fotografias. Ela teve a liberdade provisória concedida pelo juízo da Comarca de Japaratuba, que arbitrou a fiança no valor de R$ 8.880, o que equivale a dez salários mínimos.

Você pode querer ler também