Musk reafirma intenção de compra após suspender negócio com o Twitter

Elon Musk reiterou nesta sexta-feira (13), o compromisso de adquirir o Twitter horas após anunciar que o acordo com a rede social estava “temporariamente” suspenso por falta de detalhes sobre a metodologia de contagem de usuários falsos e spams.

O Twitter informou em balanço do primeiro trimestre que os spams e contas falsas não passam de 5% dos usuários diários ativos e monetizáveis da plataforma.

A companhia, no entanto, admitiu que a métrica ainda precisa ser aprimorada e que o número pode ser maior.

As ações da companhia chegaram a cair mais de 15% no pré-mercado americano, após Musk anunciar a suspensão do negócio.

Os papéis reduziram perdas depois que o bilionário reafirmou sua intenção de comprar a rede social, mas segue em queda de mais de 10%.

A proposta de US$ 44 bilhões feita por Musk considera o pagamento de US$ 54,20 por ação. A expectativa do Twitter é de que o negócio, já aprovado pela diretora da rede social, seja concretizado ainda neste ano.

Fonte: Exame