ARACAJU/SE, 15 de abril de 2024 , 10:07:01

logoajn1

OAB cobra da SSP proteção policial ao advogado que sofreu atentado

Da redação, AJN1

 

Na manhã desta quinta-feira (4), o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Sergipe (OAB-SE), Henri Clay Andrade, acompanhado de membros da diretoria, reuniu-se com o secretário de Segurança Pública do Estado, João Batista, para pedir mais segurança em Sergipe e proteção ao advogado Antônio Mortari, que sofreu uma tentativa de homicídio na noite de ontem (3), quando saía do seu escritório às 22h, na avenida Barão de Maruim, em Aracaju.

 

O presidente Henri Clay, assim que soube do ocorrido, foi ao hospital e teve um contato breve com Antônio Mortari. “Ele estava ainda emocionalmente muito abalado, sem condições de conversar sobre o ocorrido em si. A preocupação nossa, naquele momento, era com a vida e a saúde dele. Agora, nossa preocupação prioritária é com a segurança do advogado e de sua família, até que seja desvendada a autoria do crime e os motivos que o ensejaram. Garantimos, em reunião com o secretário de segurança pública, João Batista, a segurança de Antônio Mortari e de sua família”.

 

De acordo com Henri Clay, uma equipe vai acompanhar o advogado e a família, fazendo a segurança pessoal e outra equipe, de inteligência de segurança pública, irá começar as investigações para se chegar o mais breve possível à autoria e aos motivos que levaram a cometer essa tentativa de assassinato.

 

“A OAB vai acompanhar passo a passo a investigação; o Secretário foi muito aberto e transparente e convidou a OAB para acompanhar todo o processo de investigação”, concluiu.

 

Antônio Mortari foi conselheiro da OAB/SE por quatro mandatos consecutivos. O advogado recebeu alta hospitalar e está em repouso com sua família.

 

Com informações da OAB

Você pode querer ler também