Operação da PC termina com oito presos e um morto em Lagarto

Da redação, AJN1

Oito suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas foram presos e um outro, que seria o chefe do grupo criminoso, tombou em confronto com a polícia durante a operação Double Choque, deflagrada na manhã de hoje (13), em Lagarto. Além disso, foram apreendidos drogas, aparelhos celulares e dois revólveres.

A operação foi coordenada pela Delegacia Regional de Lagarto e contou com o apoio do Grupamento Tático Aéreo (GTA), Polícia Militar e guardas municipais de Aracaju e Lagarto.

A ação é resultado de uma investigação da Divisão de Narcóticos da Delegacia Regional de Lagarto que começou no final do ano passado. “As investigações culminaram na representação das prisões preventivas de dez investigados por tráfico de drogas. São duas associações criminosas voltadas para o tráfico, que vem praticando o crime em Lagarto e região”, detalhou.

“Nós assumimos a 1ª Divisão da Delegacia Regional de Lagarto no início deste ano e demos prosseguimento a essa investigação e identificamos mais alguns envolvidos no grupo criminoso”, acrescentou o delegado.

O nome da operação – Double Shock -, conforme o delegado, faz alusão a um duplo choque na criminalidade na cidade de Lagarto, levando em consideração o fato de serem dois grupos criminosos que atuavam na região.

“Além da investigação da associação comandada por Jeferson Almeida, foi deflagrado o cumprimento de mandados de prisão contra outra associação criminosa voltada para o tráfico, o que deu o nome à operação”, concluiu o delegado. 

*Com informações SSP