ARACAJU/SE, 25 de junho de 2024 , 3:45:11

logoajn1

Órgãos descartam erosão do solo em acidente da Odonto Fantasy

 

Após inspeção realizada pelas Defesas Civis Municipal e Estadual, juntamente com o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe (CREA) no local do camarote que desabou na Odonto Fantasy 2017, na madrugada do último dia 8, uma primeira hipótese foi descartada: a de uma possível erosão no terreno.

Segundo o comandante da Defesa Civil municipal, capitão Silvio Prado, após a inspeção visual realizada na última quarta-feira 11, constatou-se que o solo estava firme o suficiente para descartar tal possibilidade. “Não foi observada deformação do terreno in loco, então, pressupõe-se que não houve recalques diferenciais de terreno para provocar esse desabamento”, afirmou.

As estruturas metálicas possuíam sinais de corrosão. “A gente verifica o aspecto visual do material, mas não temos como decidir se o material, apenas pelo aspecto visual, tem como resistir à carga para a qual que ele foi fabricado. Para ter essa certeza temos que levar esse material a laboratório, para verificar se houve perda de cessão por causa dessa corrosão e, aí sim, ver se ele ainda tem a resistência à carga original, que deveria ter durante o evento”, acrescenta.

A estrutura do camarote continua no Sítio Terêncio, Zona de Expansão de Aracaju, sem ter sido desmontada, atendendo à ordem dos próprios órgãos que realizam a vistoria, o camarote ainda não foi desmontado. Os laudos tem previsão de entrega para até 30 dias.

 

Você pode querer ler também