ARACAJU/SE, 16 de abril de 2024 , 1:50:01

logoajn1

PF vai investigar extravio de peça da máquina de radioterapia do Hospital Cirurgia

Da redação, AJN1

 

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios) comunicou ao Departamento de Crimes Fazendários, da Polícia Federal (PF) em Sergipe no último dia 26, o desaparecimento da peça destinada à máquina de radioterapia do Hospital de Cirurgia, comprada, no último dia 4 de abril, de uma loja na cidade de Belo Horizonte (MG), via Sedex. Até esta quinta-feira (28), o objeto, essencial para o conserto da máquina – quebrada há quase um mês -, não foi localizado. A PF informou que vai abrir inquérito policial pelo crime de furto.

 

Os Correios informaram que a encomenda extraviada está identificada sob nº DJ49303620BR, contendo o conjunto do movimento de rotação da peça chamada de Colimador (composto por motor, potenciômetro e engrenagens) e um Cabo para o Acelerador Linear.

 

Para o diretor do Cirurgia, Gilberto Santos, neste momento, o interesse não é por indenizações e, sim, pela entrega da peça, pois é com ela que o equipamento vai funcionar e poder atender aos pacientes. “Não há dinheiro que pague uma vida que seja. Nos interessa a peça para o aparelho poder funcionar. Não é com o dinheiro que ele funciona. É uma peça de difícil aquisição”, destacou.

 

Entrou na Justiça

 

Para solucionar o caso, o Hospital de Cirurgia teve que entrar com uma ação na Justiça Federal contra os Correios. A Justiça, prontamente, concedeu liminar dando um prazo de 24h para que os Correios encontrem a peça ou comprem uma igual.

 

Sem a peça destinada ao conserto do aparelho radioterápico, mais de 60 pacientes oncológicos estão com o tratamento interrompido. 
 

Você pode querer ler também