ARACAJU/SE, 23 de fevereiro de 2024 , 1:10:02

logoajn1

PMA intensifica ações no combate ao Aedes Aegypti

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), desenvolve durante todo o ano o Programa do Controle do Aedes Aegypti, que coloca em prática diversas ações em todas as regiões da capital sergipana para combater o mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. Diante dos dados divulgados no último Levantamento Rápido de Índices do Aedes aegypti (LIRAa), no dia 17 de maio, que indicou o risco médio de uma infestação de dengue em Aracaju ao subir de 1,2 para 1,8, a gestão municipal elaborou novas e mais intensificadas atividades para conter os casos de dengue. Os bairros Industrial e Santo Antônio, os únicos registrados no levantamento com alto risco de infestação, são os locais que estão sendo priorizados no trabalho de prevenção ao mosquito.

A conscientização é o principal caminho para a solução do problema. O coordenador do Programa de Controle do Aedes, Jeferson Santana, enfatiza que as atividades promovidas pela SMS para evitar a proliferação do mosquito são baseadas na importância do trabalho conjunto com a população aracajuana para que os focos de armazenamento de ovos do mosquito sejam sempre eliminados. De acordo com o gestor, quanto mais consciente e alerta a população estiver, menos casos da dengue acontecerão. “O trabalho dos agentes é feito de casa em casa, com a orientação aos moradores, que é o ponto mais importante. O trabalho do agente de endemias consiste em orientar a população, identificar criadouros e destruir focos. Em todos os casos, o agente explica ao morador os perigos das doenças transmitidas pelo mosquito e como evitar que os focos do Aedes Aegypti surjam nas casas. O trabalho de conscientização é a nossa principal arma contra o mosquito”, diz.

Sobre os dados do LIRAa, apontando que o risco de infestação de dengue aumentou em Aracaju, Jeferson Santana destaca que as estratégias para combater o Aedes Aegypti foram elaboradas com foco nos bairros com maior necessidade de ação, porém todas as regiões da capital continuam a receber o Programa de Controle. “Quando nós recebemos os resultados do último índice do LIRAa, planejamos um trabalho de intensificação nos dois bairros que tiveram os dados mais alarmantes: Industrial e Santo Antônio. No momento, eles são prioritários e a nossa programação consiste em levar agentes que trabalham em outras áreas para atuar nesses bairros. Mas todo esse cronograma foi montado para que nenhuma outra localidade deixasse de participar da cobertura da ação. Para isso, esses agentes vão a cada dois dias nos bairros prioritários e são substituídos por outros. Dessa forma, conseguimos manter a cobertura em todos os locais e intensificar nos dois bairros”, comenta.

Parcerias e ações

Além das atividades promovidas pela SMS, outras secretarias estão empenhadas em diminuir o número de casos de dengue com as suas ações. Baseado no trabalho de informação e conscientização, o projeto Saúde na Escola (PSE), executado pela Secretaria Municipal da Educação de Aracaju (Semed), tem como objetivo levar conhecimento para os alunos da rede municipal sobre políticas públicas de saúde e, dentro do programa, também é abordado os cuidados que devem ser tomados para evitar a proliferação do Aedes Aegypti. Jeferson Santana explica que é essencial o trabalho de conscientização com as crianças e adolescentes. “É sempre importante reforçar que o trabalho de combate ao mosquito é educativo. Não adianta acreditar que o problema é resolvido jogando inseticida nos focos de dengue. O que resolve de fato é a população estar atenta e mudar hábitos que favorecem a proliferação do mosquito”, aponta.

Já a Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), através do Cata-Treco, ação que retira materiais, objetos e utensílios em geral, que não estão sendo mais sendo usados pela população, também está intensificando a ação nos bairros Industrial e Santo Antônio para fortalecer o controle ao Aedes Aegypti. Em torno de 70 profissionais da secretaria foram mobilizados para mutirão de limpeza nos dois locais. As ações do Cata-Treco são realizadas na manhã e tarde e contempla todas as ruas dos bairros visitados.

Fonte: AAN

Você pode querer ler também