Polícia Militar cumpre reintegração de posse na Barra dos Coqueiros

Mais de 120 homens da Polícia Militar cumprem na manhã de hoje (6) a reintegração de posse de uma área às margens da rodovia SE-100, na Barra dos Coqueiros. A informação é que cerca de 200 famílias devem ser retiradas da denominada ocupação 1º de abril, no povoado Jatobá. A reintegração é uma determinação do juízo da Comarca da Barra dos Coqueiros que atende uma ação impetrada pela empresa Garantia Imobiliária e Consultoria Ltda.

 

As famílias bloquearam trechos da rodovia e se recusam a deixar a área, sob alegação que ainda aguardam o julgamento de um recurso que pede a suspensão da reintegração da área. Um dos coordenadores do movimento, Jorge Luiz, informou que ontem a energia elétrica da ocupação foi cortada e houve a notificação judicial que a reintegração de posse aconteceria nesta quarta-feira. No entendimento da coordenação da ocupação, a área pertence a União e não as imobiliárias, que entraram com a ação de reintegração.

 

A equipe do Gabinete de Gestão de Crises da Polícia Militar, através do capitão Rocha, conversou com os líderes do movimento e ficou acordado que a partir das 8 horas, a rodovia seria liberada e as famílias iriam deixar a área de forma pacífica. No entanto, apesar da liberação no trânsito no local, os manifestantes desumpriram o acordo e realizaram outros dois bloqueios na rodovia, em pontos mais próximos da ocupação.

 

Neste momento, equipes do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) e do Esquadrão de Polícia Montada (EPMont) estão cumprindo a ordem judicial. Foi disponibilizado um caminhão baú para fazer o transporte para os objetos das famílias e uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) está de prontidão no local.