ARACAJU/SE, 29 de novembro de 2023 , 4:48:56

logoajn1

Prefeitura executa limpeza nos canais da Zona de Expansão

 

Os moradores da Zona de Expansão foram prejudicados com as últimas chuvas que caíram na capital e que provocaram pontos de alagamentos e obstruíram os canais de drenagem. Estes transtornos sazonais foram gerados a partir da falta de planejamento de gestões passadas que não projetaram o processo de ocupação e nem realizaram investimentos na infraestrutura do local.

 

Assim, os mais de 30 mil habitantes que moram entre os bairros Aeroporto, Aruana, Areia Branca, Gameleira, Matapuã, Mosqueiro, Robalo, São José e outros pequenos núcleos residenciais, buscaram o auxílio da atual gestão da Prefeitura de Aracaju para equacionar os problemas existentes no local. Imediatamente, foram deslocadas máquinas, equipamentos de bombeamento, escavadeiras e uma equipe multiprofissional para vistoriar, acompanhar e executar o trabalho de limpeza dos canais que existem na área, para desfazer os focos de águas pluviais.

 

O trabalho teve início ainda durante a semana passada e terá prosseguimento até que todos os canais tenham sido ampliados e limpos. Toda a área está em constante avaliação e engenheiros têm ido diariamente à Zona de Expansão fazer novas vistorias.

 

Relatórios feitos pela Diretoria de Operações da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) apontam alguns motivos para os índices de alagamentos ultrapassarem a média do restante da capital.

 

Além da ocupação da região ter sido sem o devido ordenamento urbanístico, o local possui áreas baixas, com solo arenoso ou argiloso; houve o aterramento de várias lagoas e canais naturais que se interligavam entre si. Com isto, as águas das chuvas quando são acima da média, acabam acumulando e não tendo a vazão necessária.  

 

Nos próximos dias as equipes da Emurb estarão atuando na região, com medidas que possam conter os alagamentos. No entanto, o Governo Municipal pretende projetar uma transformação urbana e paisagística com obras estruturantes que serão executadas através de parcerias e convênios. Outra medida importante é que nas discussões e aprovação do novo Plano Diretor possa amparar legalmente um novo modelo de crescimento para a Zona de Expansão.  

 

Você pode querer ler também