ARACAJU/SE, 22 de maio de 2024 , 10:43:31

logoajn1

Prefeitura instala mais 71 novos abrigos de ônibus em diversos pontos da capital

Cerca de 71 novos abrigos de ônibus estão sendo instalados em diversos pontos da cidade pela Prefeitura de Aracaju, através da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT). No total, já foram trocados 240 abrigos de ônibus.

 

Projetados para melhor atender a população tanto em dias de sol quanto em dias de chuva, este modelo proporciona conforto às pessoas que estão esperando um ônibus. Outra novidade é o painel de informações que auxiliam o usuário de transporte público com as linhas e rotas dos ônibus que por ele passam. O diretor de Planejamento e Sistemas da SMTT, Francisco Navarro, explica que, até então, metade já foram instalados na capital.

 

"Desse bloco de 70, os 30 que foram instalados agora são os abrigos maiores. São aqueles onde têm calçadas largas e eu posso colocar os abrigos maiores. Os próximos são os abrigos mais curtos, porque são calçadas muito estreitas, estes vão ser espalhados pela cidade, zona norte, zona sul. A gente está com um projeto que está em processo de licitação, que é uma concessão para a construção de 500 abrigos, exploração e publicidade e a empresa tem um período de quatro anos para construir esses abrigos, totalizando todos os abrigos que têm na cidade", explica o diretor de Planejamento.

 

Navarro diz que os abrigos foram pensados em melhor atender a população. "Nós já colocamos em torno de 240 abrigos, fazendo uma comparação a gestão passada que só fez seis. Esse abrigo quando foi concebido, ele teve várias características que foram colocadas, não por beleza, mas sim por praticidade. Primeiro que aqui na SMTT não existia um levantamento de quantos abrigos tinham na cidade, a gente fez esse levantamento e vimos que existia a necessidade de 1.030 pontos de ônibus. Desses 1.030 pontos de ônibus, 750 caberiam abrigo".

 

Novos abrigos

 

Os principais locais que receberam os novos abrigos de ônibus foram as avenidas Tancredo Neves, Heráclito Rollemberg, Otoniel Dórea, rua Acre, bairro 17 de Março, entre outros. "São abrigos espalhados pela cidade, trata-se de um projeto que já existe há dois anos, foi uma verba do governo federal e os locais já estavam definidos antes e não definidos agora. Dessas 71 a gente só colocou metade, ainda vamos concluir essa quantidade. Cada bairro está recebendo um abrigo deste", diz Navarro.

 

"Na Otoniel Dórea, no Mercado, a gente substituiu um que era pequeno e colocou um maior. No bairro 17 de Março não tinha e a gente colocou um lá. Nós pegamos alguns de concreto que já estavam destruídos e outros que não tinham abrigo e instalamos", conclui o diretor.

 

Com informações da PMA

Você pode querer ler também