Sergipe perde João Alves Filho, um grande homem público, que muito contribuiu para o desenvolvimento do estado. Saiba mais

PRF multa 419 motoristas por excesso de velocidade

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) concluiu à meia-noite de ontem (1º), a ”Operação Dia do Trabalho”, realizada nas rodovias federais de todo o país. Desde a última sexta-feira (28), que foram intensificadas as ações de fiscalização e combate à criminalidade nas estradas, com o objetivo de aumentar a segurança dos condutores e passageiros durante o feriado prolongado. Nos quatro dias de operação, foram registrados 16 acidentes, com um óbito e 15 feridos – quatro deles em estado grave.

No início da noite desta segunda-feira, um homem morreu após colidir a morto em um animal. O acidente aconteceu na altura do Km-30 da BR 235 em Areia Branca/SE. O motociclista, um agente penitenciário, seguia para o trabalho quando atropelou um cavalo que estava na pista. Com o impacto, o homem, de 26 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local do acidente. Após a colisão com o animal, a motocicleta que ele estava invadiu a pista contrária e atingiu outros dois veículos, ocasionando danos materiais.

De acordo com a PRF, nas últimas três operações realizadas nos feriados prolongados, foram recolhidos 198 animais perambulando nas rodovias federais do estado. Apesar do trabalho preventivo, diversos proprietários insistem em deixar os animais soltos, contribuindo para esses acidentes. Os animais recolhidos são enviados para os currais das prefeituras conveniadas à PRF e os proprietários assinam um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), onde responderão pelo crime cometido. Nos quatro primeiros meses de 2017, a PRF já recolheu mais de 1,8 mil animais.

Imprudência

Durante a operação, a PRF intensificou as fiscalizações com o objetivo de coibir motoristas infratores e registrou diversas imprudências nas rodovias, como excesso de velocidade e ultrapassagem proibida. Na fiscalização de velocidade, foram flagrados 419 condutores trafegando em velocidade acima da permitida na rodovia. Os condutores autuados pagarão multa que variam de R$ 130,16 até R$ 880,41 e poderão ter as suas carteiras de habilitação suspensa por até 12 meses. Em comparação com as outras duas operações, na ”Operação Semana Santa” foram realizados 162 flagrantes e outros 296 condutores infratores foram flagrados durante a ”Operação Tiradentes”.

Os policiais também fizeram o registro de 29 infrações de ultrapassagem proibida. Durante as três operações, foram registradas 70 ultrapassagens proibidas. A infração é gravíssima x10 e os motoristas autuados pagarão multa de R$ 2.934.70. Há ainda os condutores que insistem na prática de conduzirem veículos após o consumo de bebidas alcoólicas. Nos 571 testes de alcoolemia realizados durante a ”Operação Dia do Trabalho”, sete condutores embriagados foram flagrados pelos agentes federais. Ao todo foram registradas 330 infrações de trânsito nas rodovias federais de Sergipe durante os quatro dias da operação.

Com o intuito de diminuir essas infrações, a PRF investe na conscientização dos condutores através de ações de educação para o trânsito. Em Sergipe, as ações educativas com o objetivo de sensibilizar motoristas e passageiros de seus papéis na construção de um trânsito mais seguro, alcançaram 197 pessoas, entre palestras e abordagens educativas, além do projeto Cinema Rodoviário.

Durante as três operações realizadas nos últimos finais de semana, a PRF registrou um total de 44 acidentes. Uma pessoa morreu e outras 39 ficaram feridas. Foram fiscalizados mais de 4 mil veículos e aproximadamente 5 mil pessoas. Ao todo, foram notificados 1.066 condutores, realizados quase dois mil testes com etilômetro e flagrados 22 motoristas embriagados. Mais de 1,7 mil pessoas foram sensibilizadas pelas palestras educativas. Além disso a PRF recolheu 197 animais perambulando nas rodovias federais.