ARACAJU/SE, 17 de junho de 2024 , 23:35:30

logoajn1

Procon Aracaju monitora preços do gás de cozinha

 

Diante da constante oscilação de preços do botijão do gás de cozinha, o Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), o Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor – Procon Aracaju, vem realizando o monitoramento do mercado. Por isso, o órgão divulgou mais uma pesquisa comparativa de preços, que leva em consideração os valores aplicados para compras à vista e, também, a prazo. Além de manter vigilância sob a dinâmica da comercialização do produto, o resultado desse trabalho visa orientar os consumidores.

Os dados foram coletados nos dias 13 e 14 de novembro, tomando por base os valores repassados ao consumidor em 27 estabelecimentos da capital sergipana. Na maioria dos pontos de venda, os valores apresentaram diferenciação conforme a forma de pagamento. A pesquisa revela que a diferença chega a ser de 8% para mais, em alguns dos locais consultados.

Segundo o coordenador de Educação e Pesquisa do Procon Aracaju, Agnaldo Santana, o preço mais alto registrado foi de R$ 85 para o pagamento à vista. Já para a compra no cartão de crédito, o valor mais alto chegou à R$ 88. “Saliento que o aumento dessa vez foi pequeno em relação aos constatados nos meses anteriores. Alguns comerciantes preferiram baixar o preço ou mantê-lo estável, por causa da concorrência. Outros optaram por não fazer o repasse do aumento do produto ao consumidor para garantir as vendas”, revelou o coordenador.

Em relação à última pesquisa realizada pelo Procon Aracaju, em 16 e 17 de outubro, o menor preço praticado à vista caiu de R$ 75 para R$ 70. Na mesma proporção, o valor mais baixo cobrado para pagamentos com cartão caiu de R$80 para R$75. O preço do botijão de 13 kg pode chegar a custar quase 10% do salário mínimo de um trabalhador no Brasil.

Confira a tabela comparativa de preços.

Fonte: PMA

Você pode querer ler também