ARACAJU/SE, 19 de maio de 2024 , 3:00:22

logoajn1

Professores e técnicos da UFS entram em greve

28/05/2015
16h30

Professores e técnicos da Universidade Federal de Sergipe deflagraram greve nesta quinta-feira, 28, por tempo indeterminado. A paralisação foi externada durante ato em frente à entrada da universidade, com a realização de um café da manhã e entrevistas a veículos de comunicação.

A paralisação de hoje se estende por mais 20 universidades federais em vários Estados do Brasil. Nesta sexta-feira, 29, todas as instituições aderem ao movimento.

A pauta de reivindicação está dividida em cinco eixos: a defesa do caráter público da educação, as condições de trabalho, a garantia de autonomia, a reestruturação da carreira e a valorização salarial dos professores ativos e aposentados.

“O governo se recusa a negociar com a categoria. Não houve avanço”, relata o diretor de política sindical do Sintufs, José Atamário Cordeiro.

A categoria técnico-administrativa da UFS conta que mesmo aprovada em Conselhos Superiores há mais de um ano, “a Reitoria da Universidade Federal de Sergipe insiste em desobedecer a resolução normativa que concede aos TAEs o direito à flexibilização da jornada”.

UFS

A Universidade Federal de Sergipe esclarece, por meio de nota, que “reconhece o direito de greve dos servidores técnico-administrativos ao tempo em que acredita no diálogo como forma de avançar na qualidade da educação pública, que é o compromisso maior da instituição”.

Foto: Lindivaldo Ribeiro/CS

Você pode querer ler também