ARACAJU/SE, 23 de fevereiro de 2024 , 13:53:07

logoajn1

Cardoso não responde mais pelo Grupo de Combate à Improbidade

Da redação, AJN1 – 19h54

Nesta quarta-feira (15), o Ministério Público Estadual (MPE) informou que o promotor de Justiça Henrique Cardoso não responde mais pelo Grupo de Combate à Improbidade Administrativa e pelo Centro de Apoio Operacional do Patrimônio do MPE, os quais coordenam as principais operações de combate a crimes contra a administração pública, em parceria com o Departamento de Crimes contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap). Quem assume o lugar de Henrique é o promotor Jarbas Adelino, titular da promotoria do Patrimônio Público.

No currículo do promotor Henrique, ao longo dos dois anos em que esteve à frente do Grupo, evidenciam-se as operações que investigaram as denúncias de desvios das verbas de Subvenções Sociais da Assembleia Legislativa; a operação Antidesmonte, que objetivou assegurar a legalidade do processo de transição da gestão municipal em todo o Estado; e a Indenizar-se, que encontrou indícios de desvio verbas indenizatórias da Câmara de Vereadores.

A troca de cadeira, conforme o MPE, acontece por decisão da cúpula superior do Órgão.

Você pode querer ler também