ARACAJU/SE, 27 de maio de 2024 , 4:07:38

logoajn1

R$ 80 mil: 5 SUVs usados confiáveis para ter na garagem

 

Já se foi a época em que existiam SUVs abaixo de R$ 100 mil no Brasil. O aumento expressivo nos preços foi rápido, tanto que hoje o modelo mais barato da categoria é o Fiat Pulse, que custa R$ 103.990. Aliás, Autoesporte já fez uma lista de SUVs usados nesta faixa de preço, que você confere aqui. Mas, se você quer gastar menos, separamos algumas opções de modelos por até R$ 80 mil, para quem busca um bom desempenho, espaço razoável e confiabilidade.

O levantamento foi feito com base na tabela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) e traz modelos com produção entre 2012 e 2020.

Nissan Kicks SV 2018: R$ 77.986

Lançado em 2016, o Nissan Kicks é uma opção de seminovo com bom custo-benefício para quem procura espaço e um desempenho satisfatório. São 4,29 metros de comprimento, 1,76 m de largura, 1,59 m de altura e 2,62 m de entre-eixos. No porta-malas são 432 litros, um bom espaço para levar bagagem.

Na versão SV de 2018, o SUV é equipado com o motor 1.6 de 114 cv de potência a 5.600 rpm e torque máximo de 15,5 kgfm a 4.000 rpm. Há opções com câmbio manual de cinco marchas ou automático do tipo CVT. No mercado, existem opções de quilometragem a partir de 30 mil km.

Pode não ser o conjunto que mais empolga, mas é eficiente. Ademais, garante uma boa economia. O consumo, por exemplo, é de 7,7 km/l com etanol e 11,4 km/l com gasolina na cidade. E 9,4 km/l com etanol e 13,7 km/l com gasolina na estrada.

O SUV da Nissan também não vai mal na lista de equipamentos. Tem câmera de ré, chave presencial, partida de motor por botão e sensor de estacionamento. Há também uma central multimídia com tela sensível ao toque.

Honda HR-V LX 2016: R$ 79.394

Atualmente, o Honda HR-V custa até R$ 199.800. Mas, se é um modelo que está dentro do seu radar, não precisa desembolsar mais de R$ 80 mil em uma versão 2016. É uma boa opção para quem busca segurança e robustez, já que traz uma posição de dirigir elevada.

Sob o capô, está o motor 1.8 flex de 139 cv de potência e 17,4 kgfm de torque máximos, combinado ao câmbio automático do tipo CVT. Entretanto, também há opção com transmissão manual de cinco marchas. É um conjunto confiável e de fácil manutenção, um ponto alto para comprar um modelo usado.

O espaço interno é satisfatório. São 4,29 metros de comprimento, 1,77 m de largura, 1,58 m de altura e 2,61 m de entre-eixos. No porta-malas, são 437 litros. Ou seja, um dos melhores do segmento.

Em relação a consumo, faz médias de 7,1 km/l na cidade e 10,5 km/l na estrada, quando abastecido com etanol. Com gasolina, as médias sobem para 10,5 km/l e 12,1 km/l, respectivamente.

O SUV da marca japonesa também é bem equipado pelo preço. Itens como ajustes de profundidade e altura no volante, freio de estacionamento elétrico, assistente de partida em rampa e controle de tração e estabilidade fazem parte da lista de recursos.

BMW X1 XDrive 2012: R$ 78.512

Agora, se você está procurando um modelo premium, o BMW X1 pode ser uma boa opção na faixa até R$ 80 mil. O SUV é o modelo de entrada da marca alemã no Brasil e para quem procura desempenho, é a opção mais acertada.

O motor 2.0 turbo de 245 cv de potência e 35,7 kgfm de torque entrega um bom desempenho. O conjunto se complementa com o câmbio automático de oito marchas. Entretanto, a única opção de combustível é gasolina. Com isso, faz 8 km/l na cidade e 11 km/l na estrada.

O acabamento premium da cabine é destaque. O modelo é sofisticado e oferece recursos como faróis de LED, assistente de partida em rampa, sensor de estacionamento traseiro, faróis com acendimento automático e ar-condicionado digital. Além disso, traz espelhamento com celular e bluetooth. Algumas opções, do ano 2012, são encontradas com o teto solar elétrico, item opcional na época.

Também traz um bom espaço interno, mesmo não sendo a melhor opção de porta-malas, que fica em 420 litros. Entretanto, tem 4,45 metros de comprimento e 2,76 m de entre-eixos, por exemplo.

Jeep Renegade Sport 2020: R$ 78.352

Além de ser a opção mais atual, o Jeep Renegade é um modelo bem equipado e com opções de baixa quilometragem no mercado de usados, que começam em 40 mil km em uma busca rápida. E embora não tenha o melhor consumo da lista, traz o motor 1.8 1.6 E.TorQ flex que entrega 139 cv de potência e 19,2 kgfm de torque máximos. O câmbio é automático de seis marchas.

Desempenho e consumo deixam a desejar. O SUV leva 11 segundos para ir de 0 a 100 km/h. Segundo o Inmetro, com etanol, faz 6,9 km/l na cidade e 8,6 km/l na estrada. Já com gasolina, os números ficam em 10 km/l e 12 km/l, respectivamente.

Algo que chama atenção, principalmente nos rivais de até R$ 80 mil, é a lista de equipamentos. Traz faróis com regulagem de altura, assistente de partida em rampa, freio de estacionamento elétrico, câmera de ré e partida por botão. Ou seja, é uma opção confiável que pode agradar na escolha.

Em contrapartida, não é a melhor opção para quem busca espaço no porta-malas. São 320 litros de capacidade total, bem inferior aos outros modelos da lista E, nas medidas, fica em 4,23 metros de comprimento, 1,80 m de largura, 1,65 de altura e 2,57 m de entre-eixos.

Ford Ecosport Titanium 2019: R$ 77.638

O Ford Ecosport saiu de linha no Brasil em 2021. O motor é o 2.0 de até 176 cv de potência a 6.500 rpm e 22,5 kgfm de torque a 4.500 rpm. Fez sucesso no Brasil em seus primeiros anos de vida por conta do visual e da vanguarda, já que praticamente inaugurou o segmento. E, segundo levantamento da OLX e Fenauto, é um dos carros mais fáceis de vender online.

Mesmo fora de linha, é possível encontrar versões mais atuais, como a Titanium de 2019, completa em equipamentos e que oferta bons recursos.

Para se ter uma ideia, a configuração Titanium oferta controlador de velocidade, faróis de xênonio, central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, sistema de som Sony com 9 alto-falantes, câmera de ré, chave presencial, alerta de ponto cego, teto solar elétrico, assistente de partida em rampas, controles de estabilidade e tração e 7 airbags.

Consumo não é o ponto forte. O modelo faz 6,1 km/l na cidade e 8,3 km/l na estrada com etanol. Com gasolina, são 8,8 km/l (cidade) e 12 km/l (estrada). Em uma breve busca na internet, se encontra diversas opções de quilometragem, com início em 49 mil km.

Por fim, medidas. São 4,26 metros de comprimento, 1,76 m de largura, 1,69 m de altura e 1,51 m de entre-eixos. Por isso, não tem um grande espaço interno. O porta-malas é de 356 litros.

Fonte: G1

Você pode querer ler também