ARACAJU/SE, 20 de julho de 2024 , 0:47:23

logoajn1

Secretaria Municipal de Saúde combate falta de medicamentos

A Saúde da Aracaju, através da Coordenação de Assistência Farmacêutica (Codaf), vem diminuindo significativamente a falta de medicamentos na rede municipal. Atualmente, o estoque de medicamentos está seguindo uma tendência de redução no percentual. Em 2014, o estoque estava com uma média de 26,1% faltando, e em junho deste ano, este valor foi reduzindo para menos de 10%. De janeiro a junho de 2015, foram distribuídos mais de 500 itens para aproximadamente 400 usuários cadastrados.

 

De acordo com o coordenador de Assistência Farmacêutica, Álvaro de Castro, alguns medicamentos que estavam em falta já foram abastecidos para as Unidades de Saúde e para as redes de Urgência e Emergência. “Alguns medicamentos para hipertensão e diabetes, a exemplo da Losartana e da Metformina, estavam em falta, mas já estão com saldo normalizado. Outros produtos utilizados na rede de urgência e emergência, como a ceftriaxona e da oxacilina, também foram entregues recentemente”, afirma.

 

O coordenador ainda destaca que são gastos com compras de medicamentos em torno de 1.200.000 reais por mês, que são distribuídos para toda a rede. “A distribuição é realizada toda semana, conforme pedido realizado pelas Unidades de Saúde. As unidades estão divididas em regiões e cada região tem um dia na semana para fazer seu pedido. Num prazo máximo de 48 horas os medicamentos são entregues na unidade”, ressalta Álvaro de Castro.

 

Para ter acesso aos medicamentos padronizados nas unidades de saúde basta o usuário apresentar prescrição em duas vias acompanhado do cartão SUS. Para os medicamentos sujeitos a controle especial, é necessário apresentar também a carteira de identidade de quem está indo buscar o medicamento. Lembrando que os medicamentos sujeitos a controle especial são dispensados somente nas unidades Dona Sinhazinha (localizada na Av. Hermes Fontes), Francisco Fonseca (bairro 18 do Forte), Anália Pina (bairro Almirante Tamandaré) e Geraldo Magela (Conj. Orlando Dantas)

 

Fonte: SMS

Você pode querer ler também