Semana Santa: procura por peixes e crustáceos aumenta no mercado de Aracaju

Por causa da Semana Santa, onde, tradicionalmente, católicos comem peixe, cresce a procura pelo alimento neste período e nos últimos dias a movimentação no Mercado Albano Franco, no Centro da cidade, tem sido grande. Segundo o vendedor José de Oliveira, as vendas este ano estão melhores que 2015. Ele conta também que o preço dos peixes não aumentou, tanto que o quilo da Tilápia, que é um dos mais vendidos, está por R$ 12.

 

“A movimentação melhorou nos últimos dias e a expectativa é que cresça ainda mais neste final de semana. Muitos religiosos são fieis à tradição e realmente só comem peixe na Semana Santa, o que, para nós vendedores, é ótimo. A maioria dos comerciantes não aumentou o preço dos peixes, tanto que o quilo da Tilápia, que é um dos mais vendidos, está por R$ 12 e o do Robalo está em média R$ 28”, disse.

 

Já o quilo da Pescada Vermelha está por R$ 25 e o do peixe Corvina está R$ 14. Para a vendedora Priscila dos Santos, as vendas estão razoáveis e a tendência é melhorar neste final de semana. “Não aumentei o preço dos peixes este ano porque senão, as vendas não seriam tão boas. Por enquanto, a procura está razoável e a tendência é que melhore neste final de semana, porque muita gente deixa para comprar peixe de última hora”, afirma.

 

Camarão

 

E há quem opte também por comprar o camarão. De acordo com a vendedora Natalia Pereira Costa, ela está comercializando o quilo do camarão cinza por R$ 25 e a procura pelo crustáceo tem sido grande.

 

“Estou vendendo o quilo do cinza por R$ 25 e a procura pelo crustáceo tem sigo grande. Acredito que a movimentação cresça ainda mais neste final de semana. As pessoas são fieis a Semana Santa e realmente não comem carne”, declara.

 

A dona de casa Liliane Aragão foi uma das que já garantiu o peixe para a Semana Santa. Ela, que levou para casa os peixes Robalo e Vermelha, conta que achou os preços dos alimentos dentro da média. “Sou católica praticante e não como carne na Semana Santa. Por isso, aproveitei a véspera do feriado e já comprei peixe. Fiquei surpresa e até achei este ano os preços dentro da média. Está valendo a pena comprar”, afirma.

 

Outro que também já foi às compras foi o servidor público Ronaldo Santiago. “Todo ano me antecipo e na véspera do feriado venho comprar peixe. Sigo a tradição e na minha casa ninguém come carne durante a Semana Santa. Comprei Tilápia e Vermelha e, provavelmente, voltarei no final de semana para comprar mais”.