Sergipanos podem ter auxílio prorrogado

Após o fim do auxílio emergencial pago pelo Governo Federal aos brasileiros para suprir a carência financeira durante a pandemia da Covid-19, o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, Luciano Bispo, declarou na manhã desta quinta-feira (18) que levará para votação o Projeto de Lei que autoriza em caráter excepcional até julho de 2021 a prorrogação dos pagamentos do Cartão Mais Inclusão – CMAIS. O auxílio é referente aos beneficiários do Programa Emergencial, segundo os critérios da Lei nº 8.664, de 25 de março 2020.

O projeto foi entregue pela secretária de estado da Inclusão Social, Lucivanda Nunes Rodrigues, e pela vice-governadora do estado, Eliane Aquino. “Nós vamos dar continuidade ao CMAIS porque a gente sabe que a situação está difícil”, reconheceu Eliane Aquino. A secretária Lucivanda Nunes lembrou que o auxílio foi criado para beneficiar seis mil famílias sergipanas. “Com essa prorrogação, através do Governo do Estado, as famílias que vinham recebendo as dez parcelas, algumas que encerraram o pagamento em janeiro, terão a partir da aprovação desse Projeto de Lei a continuidade do pagamento até julho deste ano”, explicou.

O presidente da Assembleia acredita que o Projeto não terá dificuldade de ser aprovado. Tanto situação quanto oposição veem a necessidade da população neste momento de isolamento social.

*Com informações da Alese*